Rio de Janeiro Mulher tem mão amputada após parto normal no Rio; polícia abriu investigação

Mulher tem mão amputada após parto normal no Rio; polícia abriu investigação

Muito abalada, paciente busca entender o que ocorreu após ela precisar receber medicação intravenosa devido a uma hemorragia

  • Rio de Janeiro | Do R7, com informações de Bruna Dealtry, da Record TV Rio

Paciente teve mão e punho amputados após ter bebê no hospital

Paciente teve mão e punho amputados após ter bebê no hospital

Reprodução

Uma jovem de 24 anos teve uma das mãos amputadas após ter um bebê em um hospital na zona oeste do Rio de Janeiro. A vítima, que não quer se identificar, está abalada e busca justiça. A Polícia Civil investiga o caso. 

A paciente deu entrada na unidade em 9 de outubro de 2022. No dia seguinte, a criança nasceu saudável de parto normal. Mas, segundo a família, a mãe perdeu muito sangue e precisou colocar um acesso na mão esquerda para receber uma medicação intravenosa. 

Durante o tratamento da hemorragia, a paciente acabou desmaiando. No dia 11, ela recuperou a consciência e começou a reclamar de muitas dores na mão, que apresentava inchaço e coloração roxa. O membro recebeu um gel quente e foi enfaixado.

Em seguida, a jovem precisou ser transferida para outra unidade da rede, na Baixada Fluminense. No hospital, ela teve complicações e ficou no CTI (Centro de Tratamento Intensivo). Quando a mão foi desenfaixada, estava com a pele escura e sem circulação. A paciente foi encaminhada para cirurgia, na qual teve a mão e o punho amputados. 

O caso foi registrado na 41ª DP (Tanque) como lesão corporal culposa. Segundo a polícia, testemunhas estão sendo ouvidas, e documentos médicos foram requisitados para ajudar a esclarecer o caso.

Últimas