Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Padre é denunciado novamente pelo MP por crime sexual no RJ

Alexandre Paciolli, que já responde por abusos contra uma mulher, foi acusado de importunação sexual contra outra vítima

Rio de Janeiro|Do R7

Alexandre Paciolli foi denunciado novamente por crime sexual (RECORD)

O padre Alexandre Paciolli Moreira de Oliveira foi denunciado à Justiça novamente por crime sexual, no Rio de Janeiro, neste sábado (25). Esta é a segunda acusação do MPRJ (Ministério Público do Rio de Janeiro) contra ele.

Na denúncia mais recente, Alexandre Paciolli é acusado de importunação sexual contra uma mulher, em Itaperuna, no interior do estado, em 2021. De acordo com o MP, o padre se aproveitou da condição de líder religioso para abusar de pessoas fragilizadas emocionalmente e satisfazer o próprio desejo sexual.

As investigações revelaram que ele, sabendo que a vítima estava fragilizada, fez uma visita à residência dela com o pretexto de oferecer ajuda. Na ocasião, o padre acariciou partes do corpo da mulher. Inicialmente, a vítima não conseguiu esboçar reação, mas, depois, se desvencilhou.

Pouco depois, relatou a denúncia, “não satisfeito com todo o constrangimento e situação abusiva que já tinha submetido a vítima, o denunciado, mais uma vez, encostou a cabeça na cabeça da vítima e começou a acariciá-la no rosto, inclusive na boca e no pescoço, descendo a mão e alcançando o meio do seio da vítima”.

Publicidade

Prisão

Em abril deste ano, o padre foi preso pela acusação de abuso sexual cotra uma mulher em Nova Friburgo, na região serrana do Rio. Ele foi detido em Fortaleza, no Ceará, quando visitava o pai. Neste processo, ele responde pelos crimes de estupro de vulnerável e importunação sexual.

Segundo a Promotoria, Alexandre é investigado em outros possíveis crimes dessa natureza praticados contra outras vítimas.

Publicidade



Publicidade








Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.