Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

PM é morto após entrar em comunidade por engano em Senador Camará (RJ)

Luiz Carlos da Silva foi baleado após um acidente de trânsito desviar o tráfego para dentro da comunidade

Rio de Janeiro|Gabriel Pieroni*, do R7

PM foi morto na zona oeste do Rio
PM foi morto na zona oeste do Rio PM foi morto na zona oeste do Rio

Um policial militar foi morto a tiros ao entrar por engano em uma comunidade em Senador Camará, na zona oeste do Rio, na última quarta-feira (23).

Segundo testemunhas, a vítima, identificada como Luiz Carlos da Silva, foi baleada após um acidente de trânsito desviar o tráfego para dentro de uma comunidade no Complexo de Senador Câmara, onde os criminosos perceberam que ele era policial e atiraram. Um disparo acertou o rosto do agente.

De acordo com a PM, a vítima foi socorrida para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Senador Camará, mas não resistiu aos ferimentos. A DHC (Delegacia de Homicídios da Capital) investiga o caso.

Agentes de segurança mortos

Publicidade

Com a morte do PM Luiz Carlos, sobe para 54 o número de agentes de segurança mortos em ações violentas no Rio de Janeiro, em 2022.

35 da Policia Militar

Publicidade

05 da Policia Civil

05 da Marinha

Publicidade

02 da Policia Penal/SEAP

02 do Corpo de Bombeiros do Rio

01 da Policia Rodoviária Federal - PRF

01 do Degase

01 da Guarda Municipal

01 da Aeronáutica

01 do Exército

Disque Denúncia

Disque Denúncia divulgou cartaz
Disque Denúncia divulgou cartaz Disque Denúncia divulgou cartaz

O Disque Denúncia divulgou, nesta quinta-feira (24), um cartaz para ajudar no inquérito do Núcleo de Investigações de Morte de Agentes de Segurança, da Delegacia de Homicídios da Capital (DHC), a fim de obter informações que possam levar à prisão dos envolvidos na morte do Subtenente da Polícia Militar do Rio, Luís Carlos da Silva, de 52 anos.

O Disque Denúncia recebe informações sobre a localização de foragidos da Justiça nos seguintes canais de atendimento, com anonimato garantido:

• WhatsApp do Portal dos Procurados: (21) 98849-6099;

• telefone: (21) 2253-1177 ou 0300-253-1177;

• app "Disque Denúncia RJ";

• Facebook (inbox): https://www.facebook.com/procuradosrj/;

• Twitter (mensagem): https://twitter.com/PProcurados; e

• site do Portal dos Procurados (em Denuncie): procurados.org.br/contato.

*Estagiário do R7 sob supervisão de PH Rosa

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.