Rio de Janeiro Polícia apreende fuzis usados em ação que matou neto de sambista

Polícia apreende fuzis usados em ação que matou neto de sambista

Gabriel Marcondes foi atingido em um baile funk em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Outros dois jovens também morreram no local

  • Rio de Janeiro | Ana Beatriz Araújo, do R7*, com Record TV Rio

Agentes da 58ª DP (Posse) apreenderam três fuzis usados por policiais militares no tiroteio que matou o neto do sambista Neguinho da Beija-Flor em um baile funk em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense.

Jovem morreu em baile funk

Jovem morreu em baile funk

Reprodução/Record TV Rio

No último domingo (18), Gabriel Marcondes e outros dois jovens foram baleados na saída do evento. Segundo a PM, os agentes abordaram ocupantes de uma moto e foram recebidos a tiros, após receberem denúncias que a festa não autorizada estava ocupando uma via pública.

O pai de Gabriel prestou depoimento nesta quarta-feira (21) acompanhado por Neguinho da Beija-Flor. Em entrevista à Record TV Rio, o sambista contou que ficou desesperado ao receber a notícia da morte do neto.

“Meu filho ligou desesperado dizendo que meu neto tinha sido assassinado. Foi um desespero.”, disse Neguinho da Beija-Flor.

RJ: Polícia Federal prende oito suspeitos de golpes contra a Caixa

Além disso, os investigadores ouviram o depoimento de um dos suspeitos que também foi baleado na ação e está preso sob custódia no Hospital Geral de Nova Iguaçu. Os agentes realizaram ainda uma perícia no local onde o evento aconteceu.

Os três fuzis apreendidos foram encaminhados para exame de confronto balístico. Os PMs envolvidos no tiroteio também foram ouvidos.

O enterro de Gabriel aconteceu na tarde de segunda-feira (19). Emocionado, o pai do jovem afirmou que confia no trabalho da polícia.

*Estagiária do R7, sob supervisão de PH Rosa

Últimas