Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

RJ: Madrasta é condenada a 40 anos de prisão por espancar bebê até a morte

O crime ocorreu em julho de 2019; a Justiça também negou o pedido da defesa para que a acusada recorra em liberdade

Rio de Janeiro|Do R7

MP afirmou que crime foi praticado por meio cruel
MP afirmou que crime foi praticado por meio cruel MP afirmou que crime foi praticado por meio cruel (MPRJ/Divulgação)

Uma mulher foi condenada a 40 anos de prisão por espancar até a morte, com tapas e socos, o enteado de 1 ano e 11 meses. O caso aconteceu em julho de 2019, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense.

Em denúncia contra Kathelyn Barreto Santiago, o Ministério Público do Rio apontou que o crime foi praticado por meio cruel, já que os diversos golpes sofridos pela vítima teriam causado intenso sofrimento.

Na decisão, o juiz da 1ª Vara Criminal de Belford Roxo também negou o pedido da defesa da acusada para que ela recorra em liberdade.

"Fica evidente a concreta periculosidade e despreparo da ré para o convívio social, sendo assim imprescindível sua segregação do seio social. Assim, nego à ré o direito de apelar em liberdade", justifica o magistrado.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.