Rio de Janeiro Suspeito de tentar matar jogador de vôlei é preso em Copacabana

Suspeito de tentar matar jogador de vôlei é preso em Copacabana

Investigações apontam que homem teria envolvimento com tráfico de drogas que distribuía entorpecentes em bares do bairro

Tentativa de assassinato aconteceu em 14 de fevereiro deste ano

Tentativa de assassinato aconteceu em 14 de fevereiro deste ano

Record TV

A Polícia Civil prendeu, um homem suspeito de ser um dos autores da tentativa de homicídio contra um jogador de vôlei em Copacabana, na zona sul do Rio. Agentes da DRE (Delegacia de Repressão a Entorpecentes) localizaram o homem conhecido como Jota em um bar na rua Mascarenhas de Moraes, na noite desta quarta-feira (28), enquanto assistia a um jogo de futebol.

Com base no setor de inteligência da Polícia Civil, foi identificada a proximidade do suspeito com traficantes vinculados à facção que domina as comunidades do Pavão-Pavãozinho e Cantagalo que distribuem entorpecentes em bares da região.

· Compartilhe esta notícia no Whatsapp
· Compartilhe esta notícia no Telegram

A vítima, natural de Brasília, estava no estado a passeio, e passou por uma cirurgia antes de voltar ao Distrito Federal.

Relembre o caso

A tentativa de assassinato aconteceu em 14 de fevereiro deste ano. Imagens de câmeras de segurança mostram o jogador de vôlei, que estava a caminho da praia, para perto da portaria de um prédio se posicionando para urinar.

Em seguida, três suspeitos se aproximam da vítima e, após uma discussão, iniciam as agressões, um deles segurando uma arma. Na sequência um quarto suspeito ligado ao grupo, também armado, realiza disparos atingindo a mão direita do atleta.

Últimas