Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Acidente com ônibus escolar mata diretoras, professoras e alunos no interior de São Paulo

Estudantes voltavam de excursão da capital paulista; 11 morreram e 30 ficaram feridos

São Paulo|Do R7, com Rede Record

Acidente na estrada deixa dez mortos no interior de São Paulo
Acidente na estrada deixa dez mortos no interior de São Paulo Acidente na estrada deixa dez mortos no interior de São Paulo

Um acidente entre uma carreta e um ônibus de estudantes deixou ao menos 11 mortos em Ibitinga, cidade a 347 km de São Paulo, segundo a PRE (Polícia Rodoviária Estadual). Entre as vítimas, estão quatro adultos — duas diretoras e dois professores — e sete adolescentes. A 11ª vítima também seria do ônibus, mas foi localizada embaixo do caminhão e a PRE não soube informar se é um aluno ou um funcionário da escola. Outras 30 pessoas ficaram feridas no acidente. 

Ainda de acordo com a PRE de Itápolis, que atende a Ibitinga, o acidente ocorreu por volta das 23h30 de segunda-feira (27) no km 368 da rodovia Deputado Leônidas Pacheco, que liga as cidades de Ibitinga e Borborema, na região de Itápolis.

O caminhão carregava óleo vegetal e pegou fogo com a batida. O ônibus da Viação Jabotur ficou danificado.

Os adolescentes, com idades entre 13 e 17 anos, são da Escola Estadual Dom Gastão Liberal Pinto, da cidade de Borborema. Ainda segundo a PRE, cerca de 35 adolescentes e cinco adultos voltavam de uma excursão na capital paulista. Os feridos, 16 graves e 14 leves, foram levados para as Santas Casas de Ibitinga e Borborema. Segundo informações da Prefeitura de Borborema, a diretora que morreu no acidente não era da Escola Estadual Dom Gastão Liberal Pinto. A vítima, que trabalhaba em um colégio municipal, estava no ônibus acompanhando seus filhos gêmeos na viagem. A prefeitura não tem informações sobre o estado de saúde dos jovens.

Publicidade
Entre as vítimas estavam três professoras, uma diretora e seis estudantes
Entre as vítimas estavam três professoras, uma diretora e seis estudantes Entre as vítimas estavam três professoras, uma diretora e seis estudantes

Por volta das 7h desta terça-feira (28), a rodovia permanecia interditada, mas não havia congestionamento, segundo a PRE. Por volta das 9h, o tráfego fluía pelo acostamento no sistema Siga e Pare. Os veículos continuavam no local e era feita a limpeza do óleo vegetal da pista.

Segundo fontes ouvidas pelo R7, o acidente teria sido causado por um caminhão que invadiu a preferencial e bateu na lateral direita do ônibus. 

Publicidade

Leia mais notícias de São Paulo

Luto oficial

Publicidade

A Prefeitura de Borborema decretou luto oficial de três dias. Ainda de acordo com a prefeitura, as aulas nos colégios municipais foram suspensas. 

Os corpos das vítimas devem ser velados no Ginásio Esportes, localizado na Vila Cristina, em Borborema. Ainda não há data para a realização do velório coletivo. 

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.