Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Aeroporto de Guarulhos não poderá ampliar voos, diz Anac

Segundo agência, se em 60 dias os problemas não forem resolvidos, os voos permitidos serão reduzidos em mais 5%

São Paulo|Da Agência Estado

Movimentação no Aeroporto Internacional de Guarulhos (MARLON COSTA/AGIF - AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/ESTADÃO CONTEÚDO - 28.04.2024)

A Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) informou nesta quarta-feira (5) que o Aeroporto Internacional de Guarulhos, na Grande São Paulo, não poderá ampliar a frequência de voos de passageiros até que problemas relacionados à segurança das operações sejam resolvidos.

A restrição, estabelecida por meio da Portaria nº 14.734 de 4 de junho de 2024, determina que o aeroporto não poderá ultrapassar as 2.714 frequências semanais de ações de transporte aéreo público de passageiros, diz a Anac em comunicado.

Ainda segundo a agência, se em 60 dias os problemas não forem resolvidos, os voos permitidos serão reduzidos em mais 5%, caindo para 2.578.

As preocupações são principalmente com a segurança dos pátios das aeronaves, em especial, nos períodos de chuva e operações noturnas. Conforme a Anac, mesmo sendo notificada em duas inspeções e ter sido autuada, a concessionária não resolveu os problemas identificados.

Entre eles estão falhas na “manutenção na sinalização horizontal nos pátios de aeronaves e dos circuitos da sinalização luminosa” e na “supervisão de operações no pátio”. Além disso, há “falta de ações efetivas para revitalização tempestiva da sinalização horizontal em geral”.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.