São Paulo Diagnosticado com covid-19, Bruno Covas trabalhará 10 dias em casa

Diagnosticado com covid-19, Bruno Covas trabalhará 10 dias em casa

O prefeito Bruno Covas afirmou que passa bem e não apresenta sintomas. Ele recebeu recomendação de seu médico, Davi Uip, para permanecer em casa

  • São Paulo | Do R7

Bruno Covas terá de trabalhar 10 dias de casa

Bruno Covas terá de trabalhar 10 dias de casa

Roberto Casimiro/Fotoarena/Estadão Conteúdo – 24.03.2020

Após receber o resultado positivo para a covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, Bruno Covas afirmou em vídeo publicado em suas redes sociais que deve trabalhar de casa pelos próximos dias. "A expectativa é que eu fique aqui (em casa) pelos próximos dez dias. Qualquer novidade aviso a todos."

O diagnóstico foi informado na tarde deste sábado (13) pela prefeitura. De acordo com a assessoria da administração municipal, Covas passa bem, não apresenta sintomas e recebeu recomendação de seu médico, Davi Uip, para permanecer trabalhando em casa e em observação pelos próximos dias.

Leia mais: "O vírus escancarou a distorção social que temos em SP", diz Covas

No vídeo, publicado no sábado (13), Covas afirma que havia realizado quatro outros exames e obteve resultados negativos. "Depois de quatro resultados negativos, hoje infelizmente testei positivo para a covid-19."

"A orientação do meu médico, já que não tenho nenhum sintoma, é ficar dentro de casa, não há necessidade de me licenciar do cargo de prefeito, vou poder me reunir de forma online, através da internet, vou poder continuar a trabalhar, mas dentro de casa."

Neste sábado, o Estado de São Paulo registrou 4.975 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas – o total de casos confirmados chegou a 172.875. A quantidade de pessoas mortas aumentou de 10.368 para 10.581, um aumento de 213 casos.

Câncer na cardia

Covas, de 39 anos, foi diagnosticado com câncer na cárdia, região entre estômago e esôfago em outubro de 2019. Após oito sessões de quimioterapia, o prefeito iniciou a segunda fase do tratamento, desta vez, com sessões de imunoterapia, em fevereiro deste ano.

A imunoterapia consiste na aplicação de medicamentos que fortalecem o sistema imunológico. As sessões duram cerca de 30 minutos. A expectativa do Sírio Libanês, hospital onde o tucano realiza o tratamento, é que, fortalecido, o próprio organismo do prefeito combate o que restou do câncer.

No final do mês passado, Covas comemorou a redução do câncer nos linfonodos. “Essa semana passei pela quinta sessão de imunoterapia. Além de não ter tido até agora nenhum efeito colateral, exames feitos na semana passada mostram que o câncer nos linfonodos está reduzindo”, escreveu em sua conta no Instagram.

“A quimioterapia já tinha eliminado o câncer na cárdia e no fígado. Resta ainda este. Mais uma vez agradeço a todas as mensagens de apoio e carinho”, acrescentou.

Últimas