Em São Paulo, setembro tem dia mais quente da história: 35,9°C

Temperatura foi registrada na quinta-feira (12), batendo o recorde anterior de 35,5 °C, em 2015. Marca empata com a registrada em 02 de fevereiro

Em São Paulo, setembro tem dia mais quente da história

Em São Paulo, setembro tem dia mais quente da história

RENATO LOPES RP/ESTADÃOCONTEÚDO

A última quinta-feira (12) foi o dia de setembro mais quente desde o início das medições do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), em 1943, com temperaturas de 35,9°C na cidade de São Paulo. Batendo o valor anterior que era de 35,5 °C em setembro de 2015. 

Leia também: Pagamento de ônibus com cartão começou nesta segunda-feira (16)

Segundo o Instituto, esta foi a maior temperatura do inverno de 2019, superando os 34,8 °C registrados no dia 11 desse mês.  O valor de 35,9°C empata com o registrado em 02 de fevereiro, sendo também a maior temperatura do ano até agora.

Leia também: Homem é preso por tráfico de aves em São Bernardo do Campo (SP)

Desde 1961 o mês de setembro marca temperaturas elevadas com os seguintes marcos: 35,2° em 1961; 35,3 em 2004; 35,5 em 2015; e 35,9 em 2019. E a tendência é continuar.