Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

'Feliz que vamos levá-las de volta ao Brasil em segurança', diz defesa de brasileiras presas na Alemanha

Kátyna Baia e Jeanne Paolini foram libertadas pela Justiça alemã na última terça-feira (11), após 38 dias de prisão

São Paulo|Do R7

Família reencontrou Kátyna e Jeanne nesta terça-feira (11)
Família reencontrou Kátyna e Jeanne nesta terça-feira (11) Família reencontrou Kátyna e Jeanne nesta terça-feira (11)

A família e a defesa de Kátyna Baia e Jeanne Paolini se disseram muito felizes por reecontrá-las nesta terça-feira (11), em Frankfurt, na Alemanha. Agora, estão ansiosas para trazê-las de volta para o Brasil em segurança.

"Tivemos a emoção de chegar aqui na cidade e encontramos Kátyna e Jeanne soltas. Elas tiveram a inocência delas reconhecida também aqui na Alemanha. Ontem, foi um dia de encontro e de matarmos a saudade", afirmou a irmã de Kátyna, Lorena Baia, em um vídeo publicado no Instagram.

Na sequência, a advogada da personal trainer e da médica-veterinária, Luna Provázio, explicou que ainda estão acompanhando os desdobramentos do caso na Alemanha, mas que em breve todos devem retornar para o Brasil.

"Estamos dando todo suporte para as duas... tanto emocional quanto jurídico. Estamos acompanhando os desdobramentos do processo judicial aqui na Alemanha, que gostaríamos de ressaltar que foi um marco histórico aqui para a Justiça alemã", disse.

E completou: "Estamos muito felizes que conseguimos comprovar a inocência das duas, que conseguimos fazer justiça e que vamos conseguir levá-las de volta para o Brasil em segurança".

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.