Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Funcionários trocavam malas no aeroporto de Guarulhos (SP) para enviar drogas à Europa, diz PF

Agência comandou ação contra suspeitos de despachar 40 kg de cocaína à Alemanha, onde duas brasileiras inocentes foram presas

São Paulo|Do R7

Aeroporto de Guarulhos é o mais movimentado do Brasil
Aeroporto de Guarulhos é o mais movimentado do Brasil Aeroporto de Guarulhos é o mais movimentado do Brasil

A Polícia Federal realizou nesta terça-feira (4) a operação Iraúna, contra um grupo de funcionários que trocava malas no aeroporto internacional de Guarulhos (SP) para despachar drogas para a Europa.

De acordo com a assessoria da PF, a quadrilha retirava a etiqueta das malas de passageiros inocentes e colava o papel em outras bagagens, que posteriormente seriam enviadas ao exterior.

O esquema começou a ser investigado quando duas passageiras de Goiânia (GO) foram presas no aeroporto de Frankfurt, na Alemanha, com 40 kg de cocaína. Em depoimento, as detidas informaram que não eram donas das malas e não tinham conhecimento sobre as drogas.

Apesar de as bagagens terem sido despachadas pelas passageiras no aeroporto Santa Genoveva, em Goiânia, as etiquetas foram removidas e coladas em outras malas em Guarulhos.

Publicidade

Ainda segundo a Polícia Federal, as brasileiras continuam presas em Frankfurt. Entretanto, “existe uma série de evidências que levam a crer, de fato, que não há envolvimento delas com o transporte de droga, pois não correspondem ao padrão usual das chamadas 'mulas do tráfico'”.

Em nota, a assessoria do aeroporto internacional de Guarulhos se limitou a dizer que “a apuração dessa pauta é com os órgãos de segurança”.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.