Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Jovem tatuada no rosto à força pelo ex diz que evitava se olhar no espelho, mas hoje vive nova fase

Tayane Caldas fala de superação de trauma e apoio da família; ela fez sessões de remoção de tatuagem para se livrar de marca

São Paulo|Isabelle Amaral, do R7

Tayane faz tratamento para remover tatuagem
Tayane faz tratamento para remover tatuagem Tayane faz tratamento para remover tatuagem

A jovem Tayane Caldas, que teve o rosto tatuado à força pelo ex-namorado, contou, em entrevista ao R7, que por muito tempo teve receio de se olhar no espelho e se lembrar da tortura que sofreu na mão de um homem que não aceitava o fim do relacionamento.

Agora, cerca de um ano e meio depois, e com a tatuagem — que contém o nome do ex, Gabriel Coelho, — bem mais clara após tratamento, a jovem quer usar sua história não só para ajudar, mas para alertar outras mulheres que são ou possam se tornar vítimas de relacionamentos abusivos.

Compartilhe esta notícia no WhatsApp

Compartilhe esta notícia no Telegram

Publicidade

"Eu sempre aconselho a procurar alguém que possa te ajudar, entender o que a família, que está de fora do seu relacionamento, enxerga, ver o que eles acham... Sei que dá vergonha, como eu tive por muito tempo, mas o segredo é cuidar do coração e da mente e se apoiar na família. Isso ajuda a se desligar de uma situação dessa", afirma Tayane.

Poucos dias depois de ter sido sequestrada pelo ex, a jovem passou a fazer, gratuitamente, sessões para a remoção da tatuagem. No início do processo, ela não via muito resultado, mas agora, após oito sessões, Tayane mostra que a marca está bem mais clara. E a esteticista que faz o procedimento diz que as tatuagens serão completamente removidas.

Publicidade
Tayane mostra antes e depois dos procedimentos
Tayane mostra antes e depois dos procedimentos Tayane mostra antes e depois dos procedimentos

Há pouco tempo, Tayane foi questionada em uma rede social se estava usando filtro em suas fotos, já que não era mais possível ver com clareza a tatuagem em seu rosto. Ela, então, fez um vídeo em que mostra o antes e o depois das sessões de remoção e chorou ao relatar o processo.

"Eu evitava olhar para as tatuagens para não ficar lembrando, mas parei para observar esses dias e vi que estava bem clara. É um alívio enorme ver que essa história está finalmente acabando", afirmou, empolgada, à reportagem, acrescentando que as marcas na virilha e nos seios já saíram completamente.

Publicidade

A jovem disse ainda que, durante o processo de remoção, usava uma maquiagem específica para cobrir a tatuagem. Quando tinha preguiça de passar a base para ir ao curso, por exemplo, usava máscara. Depois de um tempo, conta que decidiu "se libertar" e não usar mais nada.

Julgamento x apoio

O caso de Tayane dividiu opiniões, principalmente entre familiares de Gabriel, que alegaram que tudo dito por ela "era mentira". "Falavam que minha máscara ia cair", relata.

Apesar disso, a jovem conta que teve bastante apoio da família e da rede de pessoas que conheceu pela internet. Até mesmo amigos que andavam com os dois quando eles eram um casal a apoiaram.

"O caso dividiu muitas opiniões, até aqui na cidade, onde a maioria conhecia ele, o pessoal me julgou bastante, mas tive o outro lado também", conclui.

Gabriel descumpriu medida protetiva

Tayane foi sequestrada, amarrada e tatuada à força pelo ex-namorado em maio de 2022. Ele tatuou o próprio nome, Gabriel Coelho, no rosto, seios e virilha dela. Após ficar 24 horas sob a posse dele, a jovem voltou para casa, e Gabriel foi preso.

Ela teve um relacionamento com o suspeito por três anos, porém decidiu terminá-lo ao perceber certos comportamentos dele. Gabriel não aceitou o término e a ameaçava constantemente, o que motivou Tayane a abrir um boletim de ocorrência contra ele. O ex da vítima descumpriu dois mandados de prisão preventiva e foi preso.

Amarrada e sendo a todo momento ameaçada, a jovem não teve como impedir Gabriel de tatuá-la. "Quando ele terminou de tatuar, disse que era para eu me olhar no espelho e simplesmente falou que eu estava gata", contou a jovem na época do crime.

De acordo com a mãe da vítima, no início do relacionamento o homem era responsável, carinhoso e parecia se importar com a filha. No entanto, alguns meses depois, mostrou ser ciumento e possessivo.

Tayane tentou algumas vezes terminar com Gabriel, mas sempre que tentava era ameaçada. Sem suportar a situação, a jovem decidiu pôr um fim na relação, o que motivou o sequestro e a tortura.

'Viúva da Mega-Sena' e pai suspeito pela morte do filho: veja casos de ganhadores de loteria assassinados

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.