Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Morte de bilionário e esposa em Guarujá (SP) foi uma fatalidade, afirma delegado

José Bezerra de Menezes Neto e Luciana de Menezes morreram intoxicados por monóxido de carbono enquanto dormiam

São Paulo|Helena Osagie*, da Agência Record

José Bezerra e a esposa, Luciana Bezerra
José Bezerra e a esposa, Luciana Bezerra José Bezerra e a esposa, Luciana Bezerra

A morte do bilionário José Bezerra de Menezes e de sua esposa, Luciana Bezerra, no sábado (9), em uma mansão em Guarujá, no litoral paulista, foi uma fatalidade, de acordo com o delegado Fabiano Barbeiro, da Deic (Divisão Especializada de Investigações Criminais) de Santos.

A Polícia Civil descartou a possibilidade de a morte ter sido de origem criminosa. Segundo o resultado do laudo necroscópico, o casal foi intoxicado por monóxido de carbono, que vazou de um duto do sistema de aquecimento da residência. 

O empresário e a esposa inspiraram o gás, que é letal, entre 0h e 7h40, enquanto estavam dormindo, explicou o delegado. Os corpos foram localizados pelo próprio filho das vítimas. Um cachorro também foi encontrado morto no mesmo cômodo.

• Compartilhe esta notícia no WhatsApp

Publicidade

• Compartilhe esta notícia no Telegram

No fim de semana, a mansão também era ocupada pelo filho do casal, pela namorada dele e por três empregadas. Como eles estavam em um andar diferente da casa, não foram afetados pelo monóxido de carbono.

Publicidade

"A Polícia Civil investiga a morte de um casal, de 62 e 66 anos, encontrados sem vida na própria residência, na manhã deste sábado (9), em Prainha Grande, no Guarujá [...] Diligências prosseguem para esclarecer todas as circunstâncias do fato", informou a SSP (Secretaria de Segurança Pública) em nota.

*Sob a supervisão de Nayara Paiva

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.