São Paulo Mulher morre eletrocutada por fios soltos em rua de SP

Mulher morre eletrocutada por fios soltos em rua de SP

Cabos ficaram sem reparos, pendurados por quatro dias, em rua da zona norte, até que a consultora Patrícia Lima, de 30 anos, morreu no local

  • São Paulo | Do R7

A consultora de recursos humanos, Patrícia Viana Tolentino Lima, de 30 anos, morreu eletrocutada na última sexta-feira (2), depois de passar com sua moto por cima de fios de telecomunicação que estavam soltos há quatro dias em uma rua do bairro Tremembé, na zona norte de São Paulo. As informações são da Record TV.

Moradores da região alegam que fizeram pedidos do reparo desde que os cabos se romperam com a batida de um caminhão, no dia 28 de setembro. Quatro dias depois, sem reparos do local, Patrícia passou pelo local com sua irmã, Cibelli Viana Tolentino Lima, de 35 anos.

Imagens das câmeras de segurança mostraram o acidente. As duas mulheres caem bruscamente da moto depois de passarem pelo fio. Patrícia é atirada ao ar e morre na hora ao ter contato com ele. A irmã dela sofreu fraturas, mas passa bem. A vítima deixa um filho de quatro anos de idade. 

Correção: A versão inicial desta matéria afirmava erroneamente que Patrícia morreu ao se chocar contra cabos de eletricidade. Os fios na verdade eram de telecomunicação. A informação foi corrigida.

Últimas