Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Nunes projeta Orçamento recorde para prefeitura de SP em 2024: R$ 107,3 bilhões

A área de habitação social, ações antienchente e obras de recapeamento estão entre as prioridades do prefeito

São Paulo|Do R7

Ricardo Nunes vai tentar reeleição no ano que vem
Ricardo Nunes vai tentar reeleição no ano que vem Ricardo Nunes vai tentar reeleição no ano que vem

O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB), enviou à Câmara Municipal o projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2024 com números recordes de previsão de receita e de investimentos. De acordo com a proposta, o município poderá arrecadar R$ 107,3 bilhões, dos quais R$ 13,9 bilhões deverão ser investidos em melhorias na cidade. No ano em que Nunes tentará a reeleição, a área de habitação social, as ações antienchente e as obras de recapeamento estão entre as prioridades dele.

Prévia do cenário econômico de 2024, a LDO considera ser possível uma alta de 12% em relação às diretrizes fixadas ano passado, de R$ 95 bilhões. Segundo Nunes, a alta significativa na arrecadação nos últimos anos explica a projeção, além da redução do endividamento bruto da cidade — de R$ 42,8 bilhões (dez/2021) para R$ 20,3 bilhões (dez/2022), como decorrência do repasse do Campo de Marte à União — e dos resultados obtidos com a última reforma da Previdência municipal.

Compartilhe esta notícia no Whatsapp

"Os resultados alcançados até o momento são muito positivos. Um dos mais expressivos foi a conquista do rating BB — de crédito conferido pela Fitch, obtendo categoria 'AAA' no critério sustentabilidade da dívida. Isso é um reflexo do nosso esforço em manter a saúde financeira da cidade, o que abre portas para novos investimentos e parcerias com o setor privado", afirma o prefeito na justificativa enviada a vereadores.

Publicidade

Para o próximo ano, Nunes também projeta recorde de investimentos, que alcançam quase R$ 14 bilhões. Os recursos, segundo ele, serão essenciais para concretizar políticas públicas importantes para a cidade, como a promoção do acesso à moradia, a garantia da qualidade e da segurança das vias públicas, a ampliação da resiliência da cidade às chuvas e a garantia do atendimento integral em saúde, entre outras metas.

Passados mais de dois anos de gestão, Nunes só conseguiu cumprir 13 das 77 metas anunciadas no início do mandato. Em abril, o prefeito ampliou essa lista para 86 compromissos, tendo desistido da entrega de parte deles, como as obras de corredores de ônibus, terminais e piscinões.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.