Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

PF pega estagiário do INSS que fraudava empréstimos e criava dívida para aposentados em SP

Rapaz usava senha pessoal para desbloquear contas de idosos, que passavam a ter crédito consignado sem pedir dinheiro emprestado

São Paulo|Do R7

SP: PF acabou com fraude contra aposentados
SP: PF acabou com fraude contra aposentados SP: PF acabou com fraude contra aposentados

A PF (Polícia Federal) fez uma operação, nesta terça-feira (29), em São José do Rio Preto (SP), para pegar um estagiário do INSS que desbloqueava contas de aposentados e atrelava empréstimos consignados sem o conhecimento dos beneficiários.

Com isso, os idosos passavam a dever para bancos e outras instituições de crédito sem mesmo ter conhecimento.

Além do estagiário, outros três funcionários de uma instituição financeira da cidade paulista faziam parte do esquema. A Operação Bloqueio cumpriu cinco mandados de busca e apreensão, expedidos pela 2ª Vara da Justiça Federal de São José do Rio Preto/SP.

Leia também

Para fraudar os empréstimos, o estagiário usava a senha pessoal dele no INSS. Em seguida, desbloqueava contas de aposentados e inseria, de forma fraudulenta, as dívidas. Assim, os aposentados passavam a dever o dinheiro para instituições financeiras. Em troca, o estagiário recebia um pagamento da outra parte da quadrilha.

Publicidade

A investigação contou com reforço da CGINT (Coordenação-Geral de Inteligência Previdenciária e Trabalhista) do MTP (Ministério do Trabalho e Previdência).

O nome da operação — “Bloqueio” — se deve à ação da PF para conter a ação de desbloqueio das contas de aposentados e pensionistas.

Os envolvidos deverão responder por crimes como invasão de dispositivo informático, corrupção passiva e ativa e formação de quadrilha. As penas variam de 1 a 12 anos de prisão.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.