Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Polícia invade clínica de aborto em condomínio de luxo e prende médico pela 30ª vez em São Paulo

Nelson Takara Uchimura já havia sido preso outras vezes pela prática de aborto. Ele está com o CRM cassado desde 2003

São Paulo|Do R7, com Record TV

A polícia invadiu uma clínica de aborto clandestina em um condomínio de luxo, localizado no Jardim Anália Franco, na zona leste de São Paulo, na quarta-feira (8). No local, o médico e proprietário da clínica Nelson Takara Uchimura, conhecido pela polícia por já ter sido preso outras 29 vezes, foi levado para a carceragem novamente.

De acordo com a corporação, a investigação durou meses e, no momento em que invadiram o local, uma mulher grávida estava realizando o aborto. Quando as equipes chegaram, o médico jogou o feto pela privada rapidamente.

Polícia prendeu Nelson em flagrante
Polícia prendeu Nelson em flagrante Polícia prendeu Nelson em flagrante

O homem, que havia sido preso outras vezes pelo mesmo crime, está com o CRM cassado desde 2003. Uma enfermeira que também estava no local foi levada à delegacia e afirmou que foi contratada apenas para colocar o DIU em mulheres, mas a polícia desconfiou da declaração.

A câmera que estava no uniforme de um dos agentes flagrou o momento da prisão. A mulher que estava fazendo o procedimento precisou ser levada a um pronto-socorro para novos exames, que comprovaram não haver mais gravidez.

Publicidade

Leia também

Na clínica, que tinha a fachada de consultório de acupuntura, foi encontrada uma arma com munições. O homem também deve responder por porte ilegal.

Foi necessário que um caminhão transportasse os equipamentos e máquinas que estavam no local e todos passarão por perícia.

O médico foi levado para o 31°DP (Vila Carrão), onde permanece na carceragem, e deve ser encaminhado a uma audiência de custódia ainda nesta quinta-feira (9).

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.