Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

São Paulo tem mais de 50 pontos de alagamento após chuvas na tarde desta segunda-feira

Até as 18h30, a cidade tinha 41 pontos ativos, 13 deles transitáveis e 28 intransitáveis, de acordo com o CGE

São Paulo|Do R7, com informações da Agência Brasil

Região central de São Paulo fica intransitável
Região central de São Paulo fica intransitável Região central de São Paulo fica intransitável

A cidade de São Paulo registrou 53 pontos de alagamento após as chuvas que atingiram a capital na tarde desta segunda-feira (13). Até as 18h30 a cidade tinha 41 pontos ativos, 13 deles transitáveis e 28 intransitáveis.

Na zona norte, o bairro de Santana apresenta três pontos intransitáveis: na avenida Cruzeiro do Sul, avenida do Estado e avenida Santos Dumont. No centro, na região da Sé, a avenida Mercúrio está intransitável, assim como, desde as 16h46, a marginal Tietê no sentido Castelo. 

Na zona oeste, no bairro do Butantã, a avenida Magalhães de Castro, no sentido Castelo e Interlagos, está intransitável. A zona leste tem 21 pontos de alagamento, a maioria intransitável. 

Já a zona sul apresenta apenas um ponto intransitável, na rua Jorge Duprat Figueiredo, no bairro do Jabaquara, desde as 15h15.

Publicidade

De acordo com o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências), São Paulo registrou em março, até o momento, o acumulado de 130,8 mm, o que representa aproximadamente 73,6% dos 177,6 mm esperados para o mês.

A tendência para os próximos dias é de sol entre nuvens e temperaturas em elevação no decorrer da terça-feira (14), com uma variação entre 18°C e 28°C. As áreas de instabilidade ganham força no período da tarde, o que favorece o retorno das pancadas de chuva, com intensidade variando de moderada a forte e com raios e rajadas de vento.

Na quarta-feira (15), o sol aparece entre nuvens e favorece a elevação da temperatura, com mínima de 18°C e máxima de 29°C. No final da tarde a chegada da brisa marítima aumenta a nebulosidade, o que favorece a ocorrência de chuvas na forma de pancadas isoladas.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.