Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Suspeito de participar de latrocínio de psicóloga na zona leste de São Paulo se entrega à polícia

Andrea Ferreira Gonçalves, de 52 anos, foi morta enquanto mexia no celular dentro do carro, no bairro da Vila Formosa

São Paulo|Kaic Ferreira*, da Agência Record

Andrea foi socorrida, mas não resistiu
Andrea foi socorrida, mas não resistiu Andrea foi socorrida, mas não resistiu

Um dos suspeitos de participar do latrocínio de uma psicóloga na última semana se entregou nesta quinta-feira (4) às autoridades. O jovem apareceu após o advogado de defesa ter negociado a rendição com os agentes da Polícia Civil de São Paulo.

O rapaz é um dos dois homens que cercaram o carro de Andrea Ferreira Gonçalvez, de 52 anos. A psicóloga foi baleada dentro do próprio carro no momento em que estava estacionada e mexia no celular.

A Polícia Civil trabalha com a hipótese de latrocínio — roubo seguido de morte. O jovem que se entregou, entretanto, não teria sido o que disparou a bala que levou ao assassinato de Andrea.

Compartilhe esta notícia no WhatsApp

Publicidade

Compartilhe esta notícia no Telegram

Há suspeitas de que o detido tenha participado de ao menos outros dois roubos, cujas vítimas já o reconheceram.

Publicidade

O segundo integrante da dupla, por sua vez, estaria escondido em uma comunidade da região do Jardim Colorado, na zona leste de São Paulo.

* Sob supervisão de Nayara Paiva

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.