Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Vídeo: mulher acusa motorista de atropelar gato preto de propósito em Guarulhos (SP)

Imagens mostram homem dirigindo devagar e passando por cima do animal, que estava parado no meio-fio; depois, motorista fugiu

São Paulo|Sandra Lacerda*, do R7

Um homem atropelou um gato preto que estava no meio-fio de uma calçada e saiu sem prestar socorro, por volta das 16h40 do sábado (4), no bairro Macedo, em Guarulhos, município da região metropolitana de São Paulo.

Imagens de uma câmera de segurança de um petshop flagraram o momento exato do atropelamento e a preocupação dos funcionários em socorrer o gato ferido. 

Leia também

Com velocidade baixa, o carro, que estaria sendo dirigido pelo motorista de entregas do supermercado próximo ao petshop, avança para cima do animal, que se assusta e sai correndo. Mesmo após o grito do gato, o homem manobra o carro e vai embora sem prestar socorro. 

Aline de Paula, funcionária e esposa do dono do petshop, acredita que o motorista tenha ido em direção ao gato propositalmente. Ela conta que, um pouco antes do atropelamento, outro carro entrou na rua com velocidade maior e, mesmo assim, conseguiu se desviar do animal.

Publicidade

"É impossível que o motorista, dirigindo devagar, não tenha visto o gatinho. Além disso, ele estava acompanhado por outra pessoa no veículo, que também deve ter visto", diz. 

O gato estava encostado no meio-fio quando foi atropelado pelo carro em Guarulhos (SP)
O gato estava encostado no meio-fio quando foi atropelado pelo carro em Guarulhos (SP) O gato estava encostado no meio-fio quando foi atropelado pelo carro em Guarulhos (SP)

A mulher falou que, após o atropelamento, o gato fugiu para dentro do depósito do petshop. Ele tinha ferimentos graves, principalmente no rabo, e não conseguia se levantar. O casal acolheu o animal e arcou com as despesas de R$ 600, que incluíam exames e medicação.

Publicidade

Aline espera o posicionamento da rede de supermercados em que o motorista trabalha e que ele seja responsabilizado por seus atos. "Nossa intenção não é trazer polêmica, mas queremos que eles tenham consciência e respeito pela causa animal e que estejam atentos aos funcionários que prestam serviços para eles. Não podem ser coniventes com uma situação dessas", afirmou.

Em nota ao R7, a rede de Supermercados X afirmou que lamenta o ocorrido e que o funcionário será demitido.

Publicidade

Veja a nota da rede de Supermercados X na íntegra

"Informamos que tomamos conhecimento do lamentável ocorrido envolvendo nosso funcionário e que não compactuamos de maneira alguma com qualquer tipo de maus-tratos com animais. O funcionário foi prontamente advertido e será demitido.

Sobre o animal, nós sabemos que está sendo bem atendido por um serviço médico veterinário e nos colocamos à disposição para cobrir os custos deste atendimento e para adotar o gatinho."

*Estagiária sob supervisão de Isabelle Amaral

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.