Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Brasil Sorridente ganha mais 13 centros para tratamento odontológico

Ao todo, nove estados estão sendo beneficiados com a expansão da iniciativa

Saúde|Do R7

Brasil Sorridente ganha mais 13 unidades para atendimento no SUS
Brasil Sorridente ganha mais 13 unidades para atendimento no SUS Brasil Sorridente ganha mais 13 unidades para atendimento no SUS

O programa Brasil Sorridente passa a contar com mais treze unidades para atendimento especializado em odontologia, totalizando 1.013 centros. São consultórios voltados à assistência de maior complexidade, como cirurgias, tratamento de canal, oferta de implantes, ortodontia e diagnóstico de câncer de boca. Ao todo, nove estados estão sendo beneficiados com a expansão da iniciativa do governo federal.

Em dez anos, o Brasil Sorridente levou assistência gratuita a cerca de 80 milhões de brasileiros usuários do SUS (Sistema Único de Saúde). Além dos CEO (Centros de Especialidades Odontológicas), o programa conta com 23.175 equipes de saúde bucal, que atendem nas unidades básicas de saúde de todo o País. Esse número é quase quatro vezes maior que o total antes do programa, 6.170 equipes. Atualmente, os profissionais que atuam no programa estão presentes em 89% das cidades brasileiras, o equivalente a 4.971 municípios.

Das treze novas unidades, cinco foram inauguradas simultaneamente na quarta-feira (28), e vão funcionar nas cidades de São Bernardo do Campo (SP), Lucrécia (RN), Macaé (RJ), Rubiataba (GO) e Terra Santa (PA). Os demais oito centros serão credenciados pelo ministro Arthur Chioro. Eles atenderão a população de Águas Belas (PE), Alhandra (PB), Aparecida (PB), Angra dos Reis (RJ), Campo Grande (MS), Hidrolândia (GO), São João da Boa Vista (SP) e Manaus (AM).

Falta de higiene bucal pode causar parto prematuro, alertam especialistas

Publicidade

A presidenta da República, Dilma Rousseff, afirmou que “ter conseguido numa saúde pública incluir a saúde bucal é uma grande conquista".

— Enquanto não tinha esse atendimento, a Atenção Básica estava incompleta. A partir do momento em que, em 2004, iniciamos o processo, a saúde bucal passou a integrar o SUS. Acredito que o Brasil Sorridente integra o nosso caminho para a cidadania. Saúde Bucal é ser cidadão. A palavra que sintetiza esse ato é dignidade.

Publicidade

“Mau hálito pode provocar separação e até problemas no trabalho”, avisa dentista

A presidenta disse ainda que este ano mais 100 centros serão incorporados à rede.

Publicidade

— Só podemos ficar contentes quando, apesar do grande aumento de unidades do Brasil Sorridente, tivermos essas unidades espalhadas por todo o Brasil garantindo atendimento a toda população.

Com R$ 10 por mês e boa escovação é possível evitar a cárie, garantem especialistas

O ministro da Saúde, Arthur Chioro reafirmou a importância de se investir na atenção básica, garantindo atendimento à população.

— Todos os ministros tiveram a responsabilidade de construir a maior politica de saúde bucal do mundo, reconhecido pela OMS, que é o Brasil Sorridente. Nesses 10 anos, graças ao empenho de todos, estamos conseguindo mudar a realidade da saúde bucal da população. Chegamos hoje a 1.013 unidades e já cobrimos mais de 80 milhões de brasileiros, ofertando cirurgia, tratamento de canal, do câncer, entre outros serviços.

O ministro disse ainda que só no ano passado foram 471 mil próteses e este ano serão entregues mais de 500 mil próteses.

— Isso significa muito a trabalho a ser feito e o compromisso de garantir para toda população uma atenção básica de qualidade.

Chioro lembrou ainda que outra ação da atenção básica é o programa Mais Médicos que já atende 100% da demanda dos municípios e está presente especialmente as regiões de maior vulnerabilidade social.

— Com a entrada desses médicos, conseguimos benefeciar 49 milhões, oferecendo um atendimento digno à população.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.