Saúde Não há dados suficientes para ter múltiplas doses de reforço anuais contra Covid-19, diz CDC dos EUA

Não há dados suficientes para ter múltiplas doses de reforço anuais contra Covid-19, diz CDC dos EUA

Apesar da discussão, consultores não votaram novas recomendações de aplicação das vacinas

Reuters
Especialistas acreditam que dose anual seja suficiente para a proteção

Especialistas acreditam que dose anual seja suficiente para a proteção

REUTERS/Tami Chappell - 27.02.2023

Não há evidências suficientes para recomendar mais de uma dose de reforço da vacina contra a Covid-19 por ano a idosos e pessoas com sistema imunológico enfraquecido, disse um grupo consultivo de especialistas do CDC (Centro de Controle e Prevenção de Doenças) dos Estados Unidos nesta sexta-feira (24).

O grupo de trabalho para Covid-19 do Comitê Consultivo em Práticas de Imunização (Acip, na sigla em inglês) do CDC apoiou uma campanha de reforço anual, provavelmente no outono norte-americano, especialmente para populações consideradas de alto risco, disse Sara Oliver, autoridade do CDC que lidera o grupo, durante uma reunião de assessores externos da agência.

Atualmente, a agência recomenda que idosos e pessoas imunocomprometidas recebam com mais frequência doses de reforço da vacina contra a Covid, já que a eficácia do imunizante geralmente diminui de forma mais rápida para essas populações em comparação com pessoas mais jovens com sistemas imunológicos fortalecidos.

Durante a primavera de 2022 nos EUA, o CDC recomendou que pessoas imunocomprometidas e com mais de 50 anos recebessem uma dose adicional caso já tivessem tomado sua primeira dose de reforço há pelo menos quatro meses.

Os consultores do CDC não votaram novas recomendações para a administração das doses da vacina contra a Covid-19 nesta sexta-feira.

Mas o Acip aconselhou mostrar flexibilidade nas recomendações para pessoas com sistema imunológico comprometido ou enfraquecido a fim de permitir uma frequência maior de doses àqueles mais vulneráveis à forma grave da Covid.

Últimas