Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

População terá diagnóstico de mau hálito em 8 minutos nesta quinta-feira

Para celebrar o Dia Nacional da Saúde Bucal, atendimento será feito em shopping de SP

Saúde|Do R7

Mau hálito é um problema que atinge 50 milhões de brasileiros
Mau hálito é um problema que atinge 50 milhões de brasileiros Mau hálito é um problema que atinge 50 milhões de brasileiros

O mau hálito é um problema que atinge 50 milhões de brasileiros. Em alguns casos, o odor desagradável é tão grave que interfere no desenvolvimento profissional e pessoal do paciente. Como é muito difícil as pessoas assumirem que sofrem com o mau cheiro na boca, especialistas no assunto vão fazer um mutirão de atendimento no Shopping Itaquera, em São Paulo, nesta quinta-feira (24), em comemoração ao Dia Nacional da Saúde Bucal, que acontece nesta sexta-feira (25).

O dentista Alênio Calil, diretor do CETH (Centro de Excelência no Diagnóstico e Tratamento da Halitose), o mau hálito é uma maneira genérica de falar sobre diferentes odores que saem da boca. Segundo ele, um hálito considerado normal tem mais de 200 substâncias combinadas que exalam determinado cheiro. No entanto, quando o odor é ruim pode sinalizar tanto problemas na higiene, como também doenças sérias no organismo.

Crianças também são vítimas do mau hálito

Por meio de um equipamento usado para identificar a qualidade do hálito, que mede a quantidade dos três principais gases responsáveis pelo problema, é possível descobrir suas causas em apenas oito minutos.

Publicidade

— A máquina é capaz de determinar o local que reside o problema e orientar o melhor tratamento para eliminá-lo.

Japão cria robôs que detectam mau hálito e chulé

Publicidade

No exame também são coletadas informações e hábitos dos pacientes para determinar as possíveis causas sistêmicas relacionadas com a origem do mau hálito. A presença de acetona, por exemplo, pode indicar diabetes e um cheiro ácido pode apontar para o diagnóstico de asma.

— A grande vantagem do exame é a sua facilidade de execução, sem ser invasivo e sem qualquer desconforto para as pessoas.

O dentista reforça que “ter um hálito bom não é só sinônimo de higiene, mas também de saúde”.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.