Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Tecnologia e Ciência
Publicidade

Nova sede da Apple em Austin, no Texas, custará R$ 4 bilhões 

Gigante da tecnologia segue com a promessa feita em janeiro de investir cerca de R$ 120 bilhões nos EUA e criar 20 mil empregos

Tecnologia e Ciência|Do R7

Apple investirá mais de 40 bilhões de reais em novos centros de dados
Apple investirá mais de 40 bilhões de reais em novos centros de dados Apple investirá mais de 40 bilhões de reais em novos centros de dados

A Apple anunciou nesta quinta-feira (13) que vai investir 1 bilhão de dólares, cerca de 4 bilhões de reais, para construir um segundo campus, no Texas, e mais 10 bilhões, 40 bilhões de reais, em novos centros de dados pelos próximos cinco anos, com o objetivo de criar 20 mil novos empregos nos Estados Unidos.

O anúncio segue uma promessa da Apple feita em janeiro para investir 30 bilhões de dólares, aproximadamente 120 bilhões de reais, nos Estados Unidos e acontece enquanto empresas com grandes operações de manufatura fora do país recebem pressões políticas para aumentar os investimentos em casa.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, também alertou para a possibilidade de impor tarifas sobre iPhones e outros produtos da Apple importados da China, um grande mercado consumidor para a empresa baseada em Cupertino, na Califórnia.

Leia também

O novo campus de 53 mil hectares em Austin, que já tem o segundo maior número de funcionários da Apple fora de Cupertino, ficará a cerca de um quilômetro das atuais instalações da Apple na cidade. O local receberá 5 mil novos empregados inicialmente, mas terá a capacidade para expandir para 15 mil.

Publicidade

A Apple também estabelecerá novas unidades em Seattle, San Diego, Culver City, na Califórnia, e aumentará as operações em Pittsburgh, Nova York e Boulder, no Colorado, nos próximos três anos.

A Apple disse que acrescentou 6 mil empregados à sua força de trabalho neste ano, e planeja contratar cerca de mil empregados em Seattle, San Diego e Culver City.

Publicidade

A empresa, que no ano passado se mudou para seu compacto campus "nave espacial" em Cupertino, disse que os empregos no novo centro em Austin incluirão postos de engenharia, pesquisa e desenvolvimento, finanças e funções de vendas.

Leia também:

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.