Tecnologia e Ciência Twitter demite ao menos 50 funcionários em meio a corte de custos, diz The Information

Twitter demite ao menos 50 funcionários em meio a corte de custos, diz The Information

Empresa passa pela oitava rodada de demissões desde o início da gestão de Elon Musk

Reuters
Cortes de funcionários impactaram várias áreas da empresa

Cortes de funcionários impactaram várias áreas da empresa

REUTERS/Dado Ruvic/Illustration/File Photo

O Twitter de Elon Musk demitiu dezenas de funcionários ontem, sábado (25), o que constitui pelo menos a oitava rodada de cortes de empregos desde que Musk assumiu a rede social, no fim de outubro, publicou The Information.

Os cortes de empregos impactaram várias equipes de engenharia, incluindo as de suporte à tecnologia de publicidade, o principal aplicativo do Twitter, bem como a infraestrutura técnica para manter os sistemas do Twitter em funcionamento, disse neste domingo o relatório da publicação, com foco em tecnologia dos EUA, citando pessoas com conhecimento direto.

O Twitter não respondeu imediatamente a pedidos de comentário.

No início de novembro, o Twitter demitiu cerca de 3.700 funcionários em uma medida de corte de custos de Musk, que adquiriu a empresa por 44 bilhões de dólares.

O The Information publicou que os últimos cortes de empregos visam compensar a queda na receita após a aquisição de Musk e reduzir ainda mais a equipe que encolheu pelo menos 70%, para cerca de 2.000 funcionários.

Musk disse em novembro que o serviço estava passando por uma "queda maciça na receita", pois os anunciantes reduziram os gastos em meio a preocupações com a moderação do conteúdo.

Últimas