Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Brasília
Publicidade

Após inspeção, Tribunal de Contas do DF verifica falhas na segurança em 35% das escolas fiscalizadas

Foram verificados buracos ou aberturas em muros e grades que permitem acesso de estranhos; inspeção ocorreu em 38 unidades

Brasília|Do R7, em Brasília

Escola Classe 02, na Estrutural (DF)
Escola Classe 02, na Estrutural (DF) Escola Classe 02, na Estrutural (DF)

Das 38 escolas públicas do Distrito Federal fiscalizadas pelo Tribunal de Contas do DF nesta semana, 35% apresentam falhas na segurança, segundo o relatório feito pela instituição e divulgado nesta sexta-feira (28).

Dentre os problemas identificados nas unidades de ensino, há buracos ou aberturas em muros e grades que permitem a entrada de pessoas estranhas.

Compartilhe esta notícia no Whatsapp

A vistoria ocorreu entre segunda (24) e quarta (26), para verificar aspectos como infraestrutura, segurança e combate e prevenção de incêndios. Além do Distrito Federal, a operação ocorreu de forma simultânea em mais de mil escolas públicas de todo o país.

Publicidade

Leia também

Segundo o TCDF, 32% das unidades não tinham vigias, câmeras ou outro equipamento de segurança e 82% não têm botão de pânico ou equipamento similar para situações de risco.

Além das questões de segurança, o relatório também apontou problemas com extintores de incêndio e laudo de vistoria vencidos e infiltrações, além de falta de hidrantes, de corrimão, de sinalização tátil em pisos e de saneamento básico.

Ainda de acordo com o tribunal, os dados obtidos serão incorporados a uma auditoria que avalia o cumprimento do Plano Distrital de Educação pela Secretaria de Educação do DF.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.