Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Brasília
Publicidade

Com fim de Bolsa Família, Ibaneis anuncia novo 'programa de renda'

Governador disse que enviará projeto à CLDF para criar novo benefício às famílias em situação de vulnerabilidade social

Brasília|Lucas Nanini, do R7, em Brasília

O governador Ibaneis Rocha, que pretende criar novo projeto de distribuição de renda no DF
O governador Ibaneis Rocha, que pretende criar novo projeto de distribuição de renda no DF O governador Ibaneis Rocha, que pretende criar novo projeto de distribuição de renda no DF

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, anunciou que enviará à CLDF (Câmara Legislativa do DF) a proposta para criar um novo programa de transferência de renda para moradores da capital em situação de vulnerabilidade. O chefe do Executivo postou no Twitter que a medida é uma forma de reparar o fim do Bolsa Família e do DF Sem Miséria.

O programa Bolsa Família foi substituído pelo Auxílio Brasil a partir deste mês. O benefício só está garantido até dezembro de 2022. O programa DF Sem Miséria será extinto porque estava vinculado, por lei, ao Bolsa Família. 

"A função de um governo é cuidar de gente. Por isso, vamos enviar à Câmara Legislativa um projeto que cria um novo programa de suplementação de renda. A medida é necessária após o DF Sem Miséria ser extinto com a mudança do Bolsa Família (Auxílio Brasil) pelo governo federal", publicou Ibaneis.

O governador disse que há 70 mil famílias dependentes dos programas de transferência de renda no DF e que espera que os deputados deem prioridade ao debate sobre a medida no Legislativo. "Tenho certeza de que a CLDF vai votar e aprovar o projeto com celeridade", publicou. Ele não detalhou como será o benefício, os critérios e a forma de pagamento.

Ibaneis havia falado sobre a criação do programa de complementação de renda durante a inauguração da Unidade Básica de Saúde nº 15, em Ceilândia, na última quinta-feira (25). Na ocasião, ele também disse esperar apoio da CLDF. "Tenho certeza que a Câmara Legislativa vai nos apoiar na criação de desse programa."

Leia também

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.