Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Brasília
Publicidade

Adolescente vai ter os pés amputados após complicações de saúde pela dengue

Miguel Alves, de 14 anos, foi diagnosticado no final de janeiro com a dengue tipo D, a forma mais grave da doença

DF no Ar|Do R7

Miguel Alves, de 14 anos, foi diagnosticado no final de janeiro com a dengue tipo D, a forma mais grave da doença. Desde então, ele estava internado em estado gravíssimo no Hospital da Criança, onde ficou em coma induzido por mais de 50 dias.

Durante o tratamento da doença, Miguel foi submetido a fortes medicamentos. Um dos remédios usados serve para bombear o sangue, mas também pode causar complicações na circulação. Foi justamente isso que aconteceu com o jovem. O sangue parou de circular em algumas extremidades do corpo, e agora ele vai ter que passar por uma cirurgia para amputar os dois pés.

Nos últimos meses, Miguel já passou por outras quatro cirurgias. Isso porque, em decorrência da doença, o rim do adolescente parou de funcionar. Ele também teve acúmulo de água nos pulmões e perfurações do intestino.

VEJA TAMBÉM: 

Publicidade

Brasil registra mais de 220 mil casos e 43 mortes por dengue no fim de semana

Distrito Federal registra 188 mortes e 180 mil casos prováveis de dengue

No DF, metade dos casos de lesão por esforço repetitivo dos últimos 9 anos foram registrados em 2023

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.