Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Plano de preservação de áreas de Brasília é prioridade na relação com a CLDF, diz Ibaneis

PPCUB será apresentado na próxima segunda, afirma governador; expectativa é que aprovação ocorra no primeiro semestre

Brasília|Edis Henrique Peres, do R7, em Brasília

Ibaneis apresenta PPCUB na segunda-feira
Ibaneis apresenta PPCUB na segunda-feira Ibaneis apresenta PPCUB na segunda-feira (Renato Alves/Agência Brasília)

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, disse que pretende entregar na próxima segunda-feira (4) o novo PPCUB (Plano de Preservação do Conjunto Urbanístico de Brasília). A declaração foi feita nesta quinta-feira (29) durante sessão solene que deu a vice-governadora Celina Leão o título de cidadã honorária de Brasília. "Hoje nós estamos com um grande projeto que vai ser encaminhado, que é o PPCUB, que vai discutir o Distrito Federal e avançar nas relações com o setor produtivo", disse.

Ibaneis afirmou que "tem certeza que a Câmara vai se debruçar sobre esse projeto para aprová-lo ainda neste primeiro semestre". "Contamos com a presidência do Wellington [Luiz, presidente da CLDF], com os presidentes da comissão e com os deputados da nossa base. Inclusive com a contribuição da oposição", disse.

O PPCUB reúne as leis que determinam a ordenação urbanística, como normas de uso e ocupação de solo, levando em conta as normas de preservação dos pontos tombados do DF e considerado Patrimônio da Humanidade pela Unesco. O plano também aborda medidas para modernizar e desenvolver as áreas urbanas.

Cidadã honorária

Ibaneis elogiou a atuação de Celina Leão, durante sessão que entregou a ela o título de cidadã honorária de Brasília. "Falar da Celina para mim é uma questão sempre calorosa, a tenho como irmã. Ela está comigo há muito tempo, desde que me lancei na política em 2018, eu já conhecia o trabalho dela quando fui presidente da Ordem dos Advogados do Brasil e tenho certeza que Celina ainda tem muito a entregar para o DF", declarou.

Publicidade

O governador citou o período em que ficou afastado devido aos atos antidemocráticos do 8 de Janeiro. "Durante meu afastamento, Celina deu toda prova de confiança e credibilidade, tratando a cidade com todo o amor", disse.

O título de cidadã honorária de Brasília é uma iniciativa do presidente da Câmara Legislativa, Wellington Luiz (MDB), e do deputado distrital Pepa (PP). Celina Leão Hizim tem 46 anos e nasceu em Goiânia (GO). Ela esteve à frente da Secretaria da Juventude, em 2006, e foi eleita deputada distrital em 2010, sendo reeleita na eleição seguinte. Em 2019, ela assumiu o cargo de deputada federal pelo DF e se tornou vice-governadora em 2023.

Outros políticos e autoridades também receberam a homenagem, entre eles o então ministro da Justiça, Flávio Dino, o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) André Mendonça e o ex-presidente da República Michel Temer (MDB).

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.