Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Moraes, do STF, é aplaudido por petistas em posse de Lula

Ministro, alvo de críticas do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), participou de duas cerimônias nesse domingo (1º)

Brasília|Do R7, em Brasília

Alexandre de Moraes marca presença na posse de Lula
Alexandre de Moraes marca presença na posse de Lula Alexandre de Moraes marca presença na posse de Lula

Criticado pelo ex-presidente da República Jair Bolsonaro (PL), o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), foi ovacionado por petistas durante a cerimônia de posse do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e a recepção para chefes de Estado, que ocorreram nesse domingo (1º).

Inicialmente, Moraes participou da cerimônia realizada no Palácio do Planalto. Depois, marcou presença no jantar feito no Ministério das Relações Exteriores. Em ambas as ocasiões, o ministro foi aplaudido pelos presentes.

Moraes, que preside o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), foi alvo de críticas de Bolsonaro, que perdeu a corrida eleitoral para Lula neste ano. O ex-mandatário alega que o magistrado tem atuação parcial e que teria beneficiado o petista no pleito de 2022, o que ele nega. 

Posse

O presidente e o vice-presidente diplomados, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Geraldo Alckmin (PSB), foram empossados durante cerimônia realizada neste domingo (1º) em Brasília. Em um de seus discursos, o petista disse que o teto de gastos, regra que atrela o crescimento das despesas da União à inflação do ano anterior, é uma "estupidez" e que pretende revogá-lo.

A declaração foi feita no plenário da Câmara dos Deputados, no discurso de posse. "O SUS é provavelmente a mais democrática das instituições criadas pela Constituição de 1988. Certamente por isso foi a mais perseguida desde então, e foi, também, a mais prejudicada por uma estupidez chamada teto de gastos, que haveremos de revogar", afirmou Lula.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.