Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Primeira reunião da CPI dos atos extremistas será na próxima terça

Deputados distritais Chico Vigilante (PT) e Hermeto (MDB) foram definidos como presidente e relator da comissão, respectivamente

Brasília|Sarah Paes, do R7, em Brasília

Manifestantes extremistas durante ato de vandalismo nas sedes dos Três Poderes
Manifestantes extremistas durante ato de vandalismo nas sedes dos Três Poderes Manifestantes extremistas durante ato de vandalismo nas sedes dos Três Poderes

Os trabalhos da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que vai investigar os atos extremistas que ocorreram nas sedes dos Três Poderes, em Brasília, começam oficialmente na próxima terça-feira (14), às 10h, na Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF).

Ao R7, o deputado distrital e presidente da CPI, Chico Vigilante (PT), e o relator, Hermeto (MDB), explicaram que a primeira reunião do grupo deve elencar as primeiras testemunhas a ser chamadas para dar início às investigações, que buscam encontrar os responsáveis pelos ataques dos dias 12 de dezembro de 2022 e 8 de janeiro deste ano.

“No meu ponto de vista, o trabalho da CPI tem que ser um trabalho único. Queremos saber quem financiou, quem organizou os atos e por que determinados setores da segurança não funcionaram naquele dia”, disse o presidente da CPI.

Chico Vigilante afirmou, ainda, que o governador afastado, Ibaneis Rocha (MDB), não será convidado a testemunhar. “Essa CPI não é de governo e nem da oposição. É do encontro da verdade e da prestação de contas do que aconteceu para que nunca mais atos como este voltem a acontecer”, afirmou.

Publicidade

Os primeiros trabalhos da presidência, juntamente com os outros seis membros da comissão, serão voltados para organizar a ordem do que será feito para conseguir chegar ao objetivo final. Hermeto ficou com a responsabilidade de preparar o roteiro das investigações.

Leia também

“Nós vamos buscar a origem do problema, as responsabilidades, individualizando, e não generalizando. Já temos alguns deputados que vão participar e estão fazendo os requerimentos”, afirmou o relator.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.