Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Após três semanas de queda, gasolina volta a subir e atinge R$ 5,50 nos postos

Já o etanol registrou redução de 0,26%, de R$ 3,89 para R$ 3,88 o litro. O diesel S-10 também recuou, 0,34%, de R$ 5,86 para R$ 5,84

Economia|Do R7

Desde o início de março, o preço médio do combustível já aumentou R$ 0,35
Desde o início de março, o preço médio do combustível já aumentou R$ 0,35 Desde o início de março, o preço médio do combustível já aumentou R$ 0,35

O preço médio da gasolina comum nos postos de todo o país voltou a subir, após três semanas de leve queda. O valor passou de R$ 5,48 para R$ 5,50, elevação de 0,36%, na semana entre os dias 2 e 8 de abril. A informação é do levantamento divulgado nesta segunda-feira (10) pela ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis). 

Desde o início de março, o preço médio do combustível já aumentou R$ 0,35, variação de 4,76%, após a volta da cobrança dos impostos federais PIS/Cofins sobre os valores da gasolina e do etanol nas refinarias. Esses tributos são repassados ao consumidor final na ponta da cadeia de consumo.

O pico em março foi de R$ 5,57 por litro. Assim, após a alta de 9,6% no preço médio do insumo nos primeiros 11 dias de março, o combustível recuou 1,6% nas três semanas seguintes e voltou a subir nos últimos sete dias.

Já o etanol registrou redução de 0,26%, de R$ 3,89 para R$ 3,88 o litro. O diesel S-10 também recuou, 0,34%, de R$ 5,86 para R$ 5,84. Esse combustível está livre da reoneração até 1º de janeiro de 2024, por decisão do governo.

Publicidade

O diesel ficou mais barato para o consumidor final porque a Petrobras diminuiu, recentemente, em 23 de março, o preço desse produto em suas refinarias. A estatal implementou uma redução de 4,47% no preço do diesel para as distribuidoras — R$ 0,18 por litro. Os descontos da Petrobras nas refinarias são gradualmente repassados aos preços nas bombas.

Este foi o terceiro reajuste para baixo no preço do diesel da gestão Jean Paul Prates na Petrobras. Desde que o ex-senador assumiu a companhia, o valor do diesel vendido nas refinarias da estatal caiu 14,6%. Em 1º de março, a Petrobras já havia reduzido o preço do combustível em 1,95%, ou R$ 0,08 por litro. Antes, em 8 de fevereiro, a companhia havia praticado uma primeira redução de 8,9%, ou R$ 0,40 por litro.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.