Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Balança comercial brasileira tem superávit de US$ 1,5 bilhão na segunda semana de março

Acumulado do mês até o momento é de US$ 8,638 bilhões em exportações e US$ 6,534 bilhões nas importações

Economia|Carlos Eduardo Bafutto, do R7, em Brasília

Balança comercial registrou superávit em março
Balança comercial registrou superávit em março Balança comercial registrou superávit em março (Reprodução / CNA - Wenderson Araujo - Trilux)

A balança comercial no Brasil teve superávit (saldo positivo) de US$ 1,522 bilhões na segunda semana de março. A corrente de comércio (volume de exportações e importações) movimentou US$ 12,298 bilhões. As exportações em março somaram US$ 6,91 bilhões, e as importações US$ 5,388 bilhões. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (11) pela Secretaria de Comércio Exterior do MDIC (Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços). 

Em fevereiro, o Brasil exportou mais do que importou. A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 5,4 bilhões, segundo a Secretaria de Comércio Exterior. Foi o melhor resultado para o período desde o início da série histórica, em 1989, com crescimento de 111,8%. 

De acordo com a pasta, o acumulado do mês até esta segunda-feira é de US$ 8,638 bilhões em exportações e US$ 6,534 bilhões nas importações. Com isso, fica registrado saldo positivo de US$ 2,104 bilhões e corrente de comércio de US$ 15,172 bilhões.

No ano, as exportações totalizam US$ 59,144 bilhões e as importações, US$ 45,098 bilhões — com saldo positivo de US$ 14,046 bilhões e corrente de comércio de US$ 104,242 bilhões.

Publicidade

Comparativo Mensal

Nas exportações, comparado as médias no período até a segunda semana de março deste ano (US$ 1,4 bilhão) com o de março de 2023 (US$ 1,427 bilhão), houve crescimento de 0,9%. Em relação às importações, o crescimento foi de 13,5% — de US$ 959,64 milhões em 2023 e de US$ 1,09 bilhão agora.

Exportações

No acumulado até a segunda semana de março, comparando com o mesmo período de 2023, houve queda de US$ 26,51 milhões (-6,8%) na agropecuária e de US$ 9,94 milhões (-2,7%) na indústria extrativa. O setor de indústria de transformação teve crescimento de US$ 49,26 milhões (7,5%).

Importações

No acumulado até a segunda semana de março, comparando com o mesmo período de 2023, houve crescimento de US$ 6,43 milhões (34,8%) em agropecuária, de US$ 44,68 milhões (71,8%) em indústria extrativa e de US$ 77,4 milhões (8,9%) em produtos da indústria de transformação.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.