Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Pix bate recorde de transações diárias e movimenta R$ 68,4 bilhões

Dados do Banco Central revelam que 124,3 milhões de operações de transferências e pagamentos em tempo real foram realizados na última sexta-feira (5)

Economia|Do R7

Celular com página do Pix
Celular com página do Pix Celular com página do Pix

O Pix bateu recorde de transações em um único dia. Na última sexta-feira (5), foram 124,3 milhões de operações, o maior patamar da história. No total, foram R$ 68,4 bilhões movimentados. A informação foi divulgada pelo Banco Central nesta segunda-feira (8).

Assim, o sistema de pagamentos instantâneos deixa para trás a maior marca anterior, de 122 milhões de transações diárias. O feito era de 10 de abril deste ano.

É a terceira vez em menos de cinco meses que o Pix alcança seu maior patamar de operações em um único dia. Isso porque, em 20 de dezembro do ano passado, o recorde — até então de 104 milhões de transferências — havia sido atingido.

Em 2022, o Pix foi o meio de pagamento mais utilizado no Brasil, segundo levantamento da Febrabran (Federação Brasileira de Bancos). No total, foram 24 bilhões de transações e R$ 10,9 trilhões movimentados.

Publicidade

A quantidade é maior que a de operações com cartão de débito, boleto, TED, DOC e cheques somadas.

Leia também

Ainda, o Pix foi o segundo sistema de pagamentos instantâneos mais usado no mundo em 2022. No total, foram 29,2 bilhões de transações. Com o número, 15% das operações desse tipo em todo o planeta foram realizadas somente no Brasil.

Publicidade

A ferramenta foi lançada pelo Banco Central em 2020. A ideia da autarquia era ter um sistema que fornecesse operações financeiras imediatas, com menos burocracia que as outras formas de pagamento.

Leite e pão de fôrma ficam mais caros e puxam a inflação do café da manhã

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.