Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

TSE publica edital do concurso unificado da Justiça Eleitoral com 395 vagas de analista e técnico

Salários vão de R$ 8.529,65 a R$ 13.994,78; provas serão aplicadas em 22 de setembro, em todo o país

Economia|Carlos Eduardo Bafutto, do R7, em Brasília

Provas serão aplicadas em 22 de setembro, em todo o país
Provas serão aplicadas em 22 de setembro, em todo o país (Rovena Rosa/Agência Brasil)

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) publicou nesta quarta-feira (29), no Diário Oficial da União, o edital do concurso unificado da Justiça Eleitoral com 395 vagas, sendo 126 analista judiciário e 269 técnico judiciário, além da formação de cadastro reserva. A aplicação das provas está prevista 22 de setembro, em todo o país. Os interessados poderão se inscrever de 4 a 18 de julho pelo site do Cebraspe, banca organizadora do concurso. Os salários variam de R$ 8.529,65 a R$ 13.994,78.

Veja mais

Os cargos de analista judiciário têm remuneração inicial de R$ 13.994,78, com jornada de 20, 30 e 40 horas semanais, a depender da especialidade. Há oportunidades para candidatos das áreas de administração, contabilidade, arquitetura, arquivologia, biblioteconomia, enfermagem, engenharia civil, engenharia elétrica, engenharia mecânica, estatística, medicina, psiquiatria, medicina do trabalho, odontologia, psicologia, serviço social, tecnologia da informação e direito.

Há vagas de técnico judiciário nas áreas administrativa e de programação de sistemas, com remuneração inicial de R$ 8.529,65 pela jornada de 40 horas semanais. As oportunidades em ambas as áreas são abertas a candidatos com qualquer formação em nível superior.

Há, ainda, vagas de agente da polícia judicial, também abertas a candidatos com nível superior em qualquer área, e com salário inicial de R$ 8.529,65, acrescido de R$ 1.243,91 (Gratificação de Atividade de Segurança), totalizando R$ 9.773,56. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais.

Publicidade

Como se trata de um concurso unificado, os cargos, de diversas especialidades, serão distribuídos entre o TSE e 26 TREs (Tribunais Regionais Eleitorais). O TRE de Tocantins não participa da seleção, pois há concurso em andamento para a corte eleitoral do estado.

A seleção prevê a reserva de 20% de vagas para pessoas negras, 10% para pessoas com deficiência e 3% para pessoas indígenas.

Distribuição das vagas do concurso

As vagas serão distribuídas nos quadros de pessoal das seguintes cortes eleitorais:

  • Tribunal Superior Eleitoral;
  • Tribunal Regional Eleitoral do Acre;
  • Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas;
  • Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas;
  • Tribunal Regional Eleitoral do Amapá;
  • Tribunal Regional Eleitoral da Bahia;
  • Tribunal Regional Eleitoral do Ceará;
  • Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal;
  • Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo;
  • Tribunal Regional Eleitoral de Goiás;
  • Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão;
  • Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais;
  • Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso;
  • Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul;
  • Tribunal Regional Eleitoral do Pará;
  • Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba;
  • Tribunal Regional Eleitoral do Paraná;
  • Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco;
  • Tribunal Regional Eleitoral do Piauí;
  • Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro;
  • Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte;
  • Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul;
  • Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia;
  • Tribunal Regional Eleitoral de Roraima;
  • Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina;
  • Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe;
  • Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.