Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

'Pobres' e 'calor': brasileira é demitida em Portugal após viralizar opiniões de crianças sobre o Brasil

Respostas de alunos mostradas no vídeo feito pela professora deram origem a uma onda de comentários sobre xenofobia

Educação|Do R7

A professora brasileira foi demitida após reclamações dos pais das crianças na escola
A professora brasileira foi demitida após reclamações dos pais das crianças na escola A professora brasileira foi demitida após reclamações dos pais das crianças na escola

A professora brasileira Fernanda Nunes, 28 anos, viralizou na internet com um vídeo que mostra seus alunos de educação infantil falando o que pensam sobre o Brasil.

Eles aparecem respondendo a assuntos como "Neymar", "pobres" e "calor".

O arquivo, postado por ela no TikTok, foi apagado após os pais das crianças reclamarem da exposição. E Fernanda acabou sendo demitida.

"Nem tive a chance de me despedir deles", afirma ela. "A minha intenção não foi ofender ninguém. São crianças, que eu acho extremamente criativas."

Publicidade

Compartilhe esta notícia no WhatsApp

• Compartilhe esta notícia no Telegram

Publicidade

A reportagem teve acesso ao vídeo, que mostra apenas a imagem de Fernanda, mas expõe o áudio das respostas das crianças. 

"Eu vim pedir desculpas aos pais. Embora eu tenha preservado a imagem delas e o nome da escola, muitas pessoas se ofenderam", diz a professora, em um novo vídeo.

Publicidade

"Se você é pai de algum aluno meu, eu sempre tratei o seu filho com muito amor. Não queria usá-lo para ganhar like na internet, eu só quis compartilhar os momentos bons que eu vivia lá dentro."

O R7 entrou em contato com a professora, que preferiu não se pronunciar. Após o ocorrido, ela afirmou que não queria enfatizar a hostilidade contra os brasileiros.

"Algumas emissoras me chamaram para dar entrevista, mas tudo com o intuito de enfatizar a xenofobia, e eu não queria me posicionar assim."

Leia também

Muitos internautas se mostraram inconformados com a demissão da educadora.

"Os pais ficaram ofendidos porque seus filhos reproduzem as falas deles. Apenas!", comentou uma internauta.

"Pessoas que defendem a educação tradicional violenta não toleram afeto! Não tenho dúvida do quanto você era amada, porque as crianças são incríveis em qualquer lugar do mundo", escreveu outra.

Alguns não concordaram com a atitude da professora de filmar durante a aula.

"Foi querer aparecer e se deu mal", comentou um internauta.

"O 'tudo pelo clique' é uma doença e está tomando proporções gigantescas na sociedade. Se você 'ama' os alunos, deveria respeitar a privacidade deles. Além do mais, há regras em Portugal, ainda mais com crianças. Foi você quem escolheu morar neste país, deveria respeitar as leis", escreveu outro.

VEJA TAMBÉM: Conheça os professores brasileiros que já concorreram ao Nobel da Educação

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.