Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Com 3 bilhões de dólares, Estados Unidos anunciam maior pacote de ajuda militar à Ucrânia

Novo envio americano envolverá veículos blindados e munição, além de financiamento para a renovação das força armada local

Internacional|Do R7


Serão enviados 50 Bradley à Ucrânia
Serão enviados 50 Bradley à Ucrânia

Os Estados Unidos anunciaram nesta sexta-feira (6) um novo pacote de ajuda militar à Ucrânia, o maior já concedido a esse país até agora, de mais de US$ 3 bilhões (cerca de R$ 15,5 bilhões), que inclui carros blindados de fabricação americana.

A porta-voz da Casa Branca, Karine Jean-Pierre, anunciou esta assistência em uma entrevista coletiva na qual confirmou que o pacote conterá carros blindados, especificamente veículos de combate de infantaria Bradley.

Da mesma forma, os EUA enviarão ao país europeu minas terrestres antiveículos, munições, mísseis terra-ar e canhões Howitzer, entre outros.

Dentro deste pacote estão US$ 225 milhões (mais de R$1,1 bilhão) para ajudar a Ucrânia a "construir capacidade de longo prazo e modernizar suas Forças Armadas", disse Jean-Pierre.

Publicidade

A ajuda anunciada nesta sexta-feira também inclui US$ 682 milhões (cerca de R$ 3,5 bilhões) para parceiros regionais e aliados do flanco oriental da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) para incentivar e substituir doações de equipamentos militares para a Ucrânia.

"A guerra está em um ponto crucial, devemos fazer todo o possível para ajudar os ucranianos a resistir à agressão russa", destacou Jean-Pierre.

Publicidade

Em comunicado, o Pentágono especificou que o valor exato do pacote é de US$ 3,075 bilhões.

De acordo com dados do Departamento de Defesa, os EUA enviarão para a Ucrânia 50 carros de infantaria Bradley com 500 mísseis antitanque e 250 mil peças de munição de 25 milímetros, 18 canhões Howitzers e 1.200 munições de 155 mm para minas antiblindados.

Além disso, fornecerão 10 mil morteiros, 4.000 foguetes de defesa antiaérea Zuni e cerca de 2.000 projéteis antitanque, entre outros.

Na coletiva de imprensa no Pentágono, a vice-secretária adjunta de Defesa dos EUA para Rússia, Ucrânia e Eurásia, Laura Cooper, enfatizou que os Bradleys "aumentarão ainda mais a capacidade" da Ucrânia de realizar manobras complexas em qualquer terreno e condição atmosférica.

Cooper explicou que os Bradleys são veículos "ágeis" que permitem o disparo e ao mesmo tempo fornecem uma projeção antiblindados "significativa".

A funcionária da Defesa americana disse que essas novas capacidades serão complementadas pela ampliação do treinamento que as forças dos EUA fornecem às tropas ucranianas fora do país.

Esse treinamento ampliado começará este mês e terá como objetivo treinar os soldados da Ucrânia em "manobras conjuntas e operações combinadas".

Leia também

Na quinta-feira, os Estados Unidos anunciaram que enviariam pela primeira vez à Ucrânia veículos de combate de infantaria Bradley.

A Casa Branca fez o anúncio em um comunicado no qual relatou uma conversa telefônica entre o presidente Joe Biden e o chanceler alemão, Olaf Scholz, para "compartilhar pontos de vista sobre a contínua guerra de agressão da Rússia contra a Ucrânia".

Na terça-feira, o presidente francês, Emmanuel Macron, confirmou ao homólogo ucraniano, Volodmir Zelenski, que o país enviará carros de combate leves para a Ucrânia, os primeiros de concepção ocidental enviados para o front, segundo confirmaram fontes do Palácio do Eliseu.

O envio de carros blindados dos aliados ocidentais para a Ucrânia abre uma nova etapa no fornecimento de equipamentos militares àquele país e ocorre semanas depois do governo americano anunciar que enviará à nação europeia baterias antiaéreas Patriot, sistema de defesa aéreo mais sofisticado dos EUA.

Oficina na Ucrânia reforma carros sucateados para serem usados na guerra contra a Rússia

" gallery_id="63b57692cd77c0ed830000be" url_iframe_gallery="noticias.r7.com/internacional/com-3-bilhoes-de-dolares-estados-unidos-anunciam-maior-pacote-de-ajuda-militar-a-ucrania-06012023"]

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.