Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Jovem 'despedaça' carro ao colidir com caminhão a mais de 160 km/h durante perseguição policial 

Cena impressionante do acidente foi registrada por câmera do veículo das autoridades de Humberside, na Inglaterra

Internacional|Do R7

Carro ficou destruído ao colidir com traseira de caminhão
Carro ficou destruído ao colidir com traseira de caminhão Carro ficou destruído ao colidir com traseira de caminhão

Um jovem de 19 anos viralizou recentemente nas redes sociais após se envolver em uma colisão impressionante ao fugir da polícia. 

A cena foi registrada no ano passado, mas começou a circular nas redes sociais nesta semana e deixou internautas chocados com a gravidade da batida. 

O jovem, identificado como Oliver Clark, dirigia por Cleethorpes, na Inglaterra, a mais de 160 km/h.

Segundo informações da polícia de Humberside, o jovem não parou quando foi orientado por policiais, o que deu origem a uma perseguição. 

Publicidade

Nas cenas que viralizaram, a câmera de uma das viaturas mostra o momento em que o carro de Clark colide com a traseira de um caminhão.

As imagens impressionam porque o veículo do jovem se despedaça em questão de segundos, antes de ser atingido pelo carro de polícia, que vinha logo atrás. 

Publicidade

Leia também

As autoridades temiam que o carro de Clark fosse explodir e, por isso, se arriscaram para tirar o jovem do veículo e prestar os primeiros-socorros. 

Clark passou quatro dias em coma depois da colisão e ainda se recupera de algumas lesões, mas não se feriu gravemente. 

Publicidade

O motorista do caminhão e o policial que foram atingidos também tiveram ferimentos leves. 

Clark foi condenado a 12 meses de prisão, mas a sentença foi suspensa por dois anos. Ele também está proibido de dirigir nesses dois anos. 

Confira o vídeo abaixo.

Teenager handed suspended prison sentence for reckless driving A 19-year-old teenager, Oliver Clark from Weelsby Street in Grimsby, who recklessly drove his Ford Fiesta at speeds of over 100 MPH on the A180 in July of 2022 walked away from court with a suspended sentence last week. The investigating officer, PC Sean Hutchinson from the Humberside Police Serious Collision Unit said, “Highly trained officers were in pursuit of the teenager after he failed to stop and made off from officers in Cleethorpes”. “Due to the dangerous manner of Clark’s driving, it was not possible to immediately bring the pursuit to a safe resolution, as to do so could have risked endangering the lives of the officers engaged in the pursuit”. “Clark then drove at speeds in excess of 100MPH up the Barnetby Top slip road and collided with the rear of a 32-tonne lorry which was also heading up the slip road. The force of the impact was such that the lorry was pushed off the road, coming to rest in trees at the bottom of an embankment”. “Officer’s feared Clark’s car would set alight and risked their own lives to recover him from his car and provide first aid”. Clark was in a coma for four days following the collision and he continues to recover from his injuries. “Fortunately, the driver of the lorry escaped with minor injuries as did the roads policing officer whose car was hit as Clark’s car rebounded off the rear of the lorry.” Judge John Thackray KC handed Clark a 12-month prison sentence, suspended for two years, he also banned Clark from driving for two years and ordered him to take an extended retest before he gets his driving licence back. Speaking directly to Clark, Judge John Thackray KC said: “You should consider yourself extremely fortunate.” It was only “pure chance” that he or no one else was killed in the pursuit and the collision.

Posted by Humberside Police on Tuesday, February 28, 2023

Boeing 737 vira hotel de luxo na Indonésia, com diária de R$ 36 mil

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.