Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Mulher morta há duas semanas vence eleição para prefeitura na Índia

Candidata se elegeu no pleito com 44% dos votos 12 dias depois de morrer em decorrência de uma infecção pulmonar 

Internacional|Larissa Crippa*, do R7

44% dos eleitores votaram em Ashiya Bi para ocupar uma cadeira municipal no distrito de Bijnor, na Índia
44% dos eleitores votaram em Ashiya Bi para ocupar uma cadeira municipal no distrito de Bijnor, na Índia 44% dos eleitores votaram em Ashiya Bi para ocupar uma cadeira municipal no distrito de Bijnor, na Índia

Ashiya Bi, que concorria em uma eleição municipal no distrito de Bijnor, na Índia, foi eleita nesta última terça-feira (16) com 44% dos votos. O problema é que a candidata morreu há quase duas semanas.

As autoridades responsáveis pelo processo foram avisadas da morte de Ashiya, mas seu nome não podia mais ser retirado das cédulas. “Uma vez que o processo eleitoral começa, não pode ser interrompido ou pausado”, explicou um oficial distrital à AFP.

Segundo a rede árabe Al-Jazeera, a política veio a óbito por conta de uma infecção pulmonar e abdominal aguda, e morreu apenas 12 dias antes da votação. Seus apoiadores, em sinal de respeito, fizeram com que ela fosse eleita postumamente.

O marido de Ashiya disse ao jornal que seu jeito calmo conquistou as pessoas, que passaram a confiar nela. “Ashiya fez amigos com facilidade e as pessoas não queriam quebrar a promessa de apoio que lhe deram e, portanto, o resultado”, disse Mohammad Zakir, morador da região.

Continua após a publicidade

Leia também

Outras fontes que participaram da votação reforçaram que os votos eram uma forma de homenagem para a mulher, que tinha 30 anos. Bijnor fica no estado de Uttar Pradesh, que é um dos mais populosos da Índia. Ainda não foi divulgado quem substituíra Ashiya no cargo municipal.

Destroços do Titanic como você nunca viu: novas imagens mostram detalhes do navio no fundo do mar

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.