Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Quem é Dina Boluarte, nova presidente do Peru

Advogada, de 60 anos, assumiu o cargo após Pedro Castillo ser destituído do poder na última quarta-feira (7) pelo Congresso

Internacional|Do R7, com informações da EFE

Dina Boluarte durante cerimônia de posse no Congresso do Peru
Dina Boluarte durante cerimônia de posse no Congresso do Peru Dina Boluarte durante cerimônia de posse no Congresso do Peru

A nova presidente do Peru, Dina Boluarte, assumiu o país na última quarta-feira (7), poucas horas após o Congresso destituir o mandatário Pedro Castillo do cargo. A então vice-presidente, pouco conhecida internacionalmente, agora terá que liderar a nação em uma crise que parece estar só começando.

Nascida em Chalhuana em 31 de maio de 1962, Boluarte é formada em direito e se destacou na vida pública por defender os direitos das mulheres e da igualdade de gênero.

A vida política da nova presidente do Peru é recente. A primeira corrida eleitoral de que ela participou foi em 2018, quando tentou o cargo de prefeita em Surquillo pelo Partido Libertário do Peru.

Em 2020 novamente concorreu em uma eleição, dessa vez na tentativa de conquistar uma cadeira no Congresso — também sem êxito.

Publicidade

Apenas em 2021, quando participou da chapa de Castillo como vice-presidente, a advogada ganhou o primeiro pleito. Na época, a política também assumiu o Ministério do Desenvolvimento e Inclusão Social, ao qual renunciou em menos de quatro meses.

A chegada de Boluarte à Presidência do Peru também ocorreu 48 horas depois de a Subcomissão de Acusações Constitucionais arquivar uma denúncia contra ela por supostas irregularidades na renúncia ao Reniec (Registro Nacional de Identificação e Estado Civil), órgão onde trabalhava desde 2007.

Publicidade

Além disso, foi presidente do Clube Departamental Apurímac, cargo para o qual realizou procedimentos de transferência de funções que lhe renderam uma investigação do Congresso, que finalmente decidiu que ela não havia cometido infração constitucional.

Ao se tornar a primeira mulher presidente da história do Peru nesta quarta-feira, jurou "por Deus, pela pátria e pela Constituição" e disse que estava tomando posse "de acordo com a Constituição Política do Peru, de agora até 28 de julho de 2026", quando deverá se encerrar o atual período de governo.

Publicidade

Leia também

Boluarte acrescentou que entre os compromissos estará "defender" a soberania nacional e que vai "cumprir e fazer cumprir" a Constituição e as leis do país.

Além disso, contou que vem de "um pequeno vilarejo" no interior do Peru, que é a última filha de uma família que vivia em condições precárias e que ali aprendeu sobre trabalho e lealdade graças ao afeto de seus pais.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.