Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Surge website com texto racista e foto de suspeito de Charleston

Autor do site "explica" massacre em igreja da Carolina do Sul (EUA)

Internacional|

Dylann Roof foi preso nesta sexta-feira (19)
Dylann Roof foi preso nesta sexta-feira (19) Dylann Roof foi preso nesta sexta-feira (19)

Uma página apareceu na internet com um manifesto racista e uma série de fotografias que parecem mostrar Dylann Roof, o suspeito do massacre da igreja de Charleston na quarta-feira (17), posando com uma pistola e de pé em frente a um museu militar da Confederação e a uma casa de plantation.

A Reuters não conseguiu confirmar imediatamente quem criou a página ou a autenticidade das fotografias publicadas nele.

"Dizem que aceitemos o que está acontecendo a nós em função de malfeitos de nossos antepassados, mas tudo é baseado em mentiras históricas, exageros e mitos", escreve o autor no texto do site.

Suspeito, Roof fica cara a cara com familiares das vítimas de massacre

Publicidade

Chefe de polícia: "crime de ódio"

Na conclusão, o autor fornece uma 'explicação' críptica para ação, dizendo: "Não tenho escolha... Escolhi Chalreston porque é a cidade mais histórica em meu Estado e um dia teve a maior proporção de negros em relação a brancos no país.... Alguém tem de ter a coragem de levar ao mundo real, e acho que tem que ser eu".

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.