Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Chevrolet Onix Premier 2022: testamos as três mudanças do compacto 

Espelhamento sem fio, sistema OnStar e recalibração no motor fazem parte do pacote de mudanças do compacto mais vendido do país

Autos Carros|Marcos Camargo Jr e Marcos Camargo Jr.

A Chevrolet divulgou no fim do ano passado, sem alarde, o lançamento da linha 2022 do seu carro mais vendido, o Onix. Com o mesmo visual, que estreou há três anos com a nova geração baseada na plataforma GEM, o carro segue um best seller e mesmo com problemas na linha de produção por falta de peças, fechou o ano como carro mais vendido do país.

Desta vez o R7-Autos Carros testou as três novidades que foram incorporadas ao modelo Premier II. A primeira diz respeito ao sistema de espelhamento sem fio do Apple CarPlay e Android Auto que deram mais praticidade ao uso da multimídia de 8 polegadas MyLink que não teve alterações de sistema e funciona muito bem. Outros itens como a boa câmera de ré, resolução da tela e agilidade do sistema não sofreram mudanças, o que é uma boa notícia.

Multimídia MyLink de oito polegadas agora tem espelhamento sem fio além do botão de acesso ao OnStar
Multimídia MyLink de oito polegadas agora tem espelhamento sem fio além do botão de acesso ao OnStar Multimídia MyLink de oito polegadas agora tem espelhamento sem fio além do botão de acesso ao OnStar

Outra alteração foi o sistema de concièrge OnStar que oferece auxílio remoto a pontos de interesse, além de localização, uso dos sistemas de navegação e ferramentas de segurança. O sistema também pode ser utilizado por meio de aplicativo e por um prático botão no espelho retrovisor e com um toque na tela da multimídia. 

Motor 1.0 Ecotec turbo foi recalibrado mas não teve especificações alteradas e segue com 116cv
Motor 1.0 Ecotec turbo foi recalibrado mas não teve especificações alteradas e segue com 116cv Motor 1.0 Ecotec turbo foi recalibrado mas não teve especificações alteradas e segue com 116cv

A GM também afirma ter recalibrado o motor 1.0 Ecotec de 116cv e 16,8kgfm de torque combinado com câmbio automático de seis marchas. No uso diário não é perceptível qualquer mudança e o motor tem funcionamento suave, com boas respostas graças à leveza do carro e com consumo satisfatório. Desta vez rodando com gasolina o computador de bordo marcou 12,8km/l na cidade e a16km/l na estrada.

Continua após a publicidade
Interior com aplique na cor "mapple sugar" contrasta com o preto presente no couro dos bancos e plástico do painel
Interior com aplique na cor "mapple sugar" contrasta com o preto presente no couro dos bancos e plástico do painel Interior com aplique na cor "mapple sugar" contrasta com o preto presente no couro dos bancos e plástico do painel

Visualmente, o Onix segue com o mesmo estilo que vem consagrando o compacto. Na versão Premier há frisos cromados na lateral e na grade, farois auxiliares em LED, farois do tipo projetor, emblema "Premier" na tampa do porta-malas e interior com bancos em couro e acabamento "mapple suggar" em parte dos bancos (que continuam estreitos e curtos) e no aplique do painel com acabamento estilizado. O carro traz ainda itens como alerta de ponto cego, ar condicionado digital com função automática e carregador de celular por indução.

Por R$ 102 mil, o Onix Premier II é a melhor versão do compacto e também a mais cara. Concorre com o Polo Highline 1.0TSI de R$ 112 mil, Hyundai HB20 Platinum Plus de R$ 92,6 mil e, enquanto a versão turbo não chega, com o Fiat Argo HGT 1.8 AT6 de R$ 101,4 mil. Mas por este preço o comprador do Onix Premier levará para casa o carro mais conectado do segmento, com um desempenho e consumo interessantes que fazem dele um carro de sucesso nesta nova fase da GM no país.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.