Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Conta em Dia
Publicidade

Dinheiro molhado pelas enchentes pode ser trocado; saiba como fazer

Banco Central orienta que cédulas molhadas muitas vezes ainda têm valor e podem ser depositadas ou usadas como pagamento

Conta em Dia|Ana VinhasOpens in new window

Notas danificadas são analisadas pelo Banco Central (MARCELLO CASAL JR/AGÊNCIA BRASIL - 02.01.2020)

Quem teve dinheiro danificado nas enchentes do Rio Grande do Sul pode trocar as notas nas agências bancárias. Segundo o Banco Central, as cédulas podem ter valor ou não, dependendo do grau de dano apresentado.

“Cédulas molhadas em razão da enchente, em muitos casos, ainda têm valor e podem ser trocadas, depositadas ou usadas em pagamento em uma agência bancária”, afirma o Banco Central em nota.

Caso o banco, ao analisar uma cédula muito danificada, tiver dúvidas sobre o seu valor, ele deve recebê-la, fornecer recibo e enviá-la ao BC.

Veja mais

“O resultado da análise do BC deve ser informado posteriormente ao apresentante, que receberá o crédito ou outra cédula em condições de circular, se a cédula tiver valor”, explica o BC.

Publicidade

Em caso de dúvida, alerta o Banco Central, as pessoas devem procurar uma agência bancária e verificar se seu dinheiro tem valor.

“Caso tenha dificuldade em acessar uma agência bancária nesse momento, procure guardar o dinheiro em local seguro. Com a melhora das condições climáticas, vá a uma agência e verifique se suas notas do Real continuam tendo valor”, acrescenta a instituição.

Publicidade

Agências afetadas

O número de agências bancárias afetadas pelas enchentes no Rio Grande do Sul chegou a cerca de 330 no início de maio, segundo a Febraban (Federação Brasileira de Bancos). Atualmente, são cerca de 160.

Publicidade

A federação afirma que, se o dinheiro estiver molhado ou danificado e permitir a contagem, será creditado o valor ao cliente e a cédula será enviada ao Banco Central como dilacerada.

“Caso não seja possível a contagem, a instituição bancária receberá e enviará para perícia do Banco Central e, somente após essa avaliação, será feito o crédito ao cliente. Se o dinheiro estiver entintado, no entanto, independentemente se molhado ou danificado, a instituição financeira não o receberá”, afirma a Febraban.

O Sicoob, que está presente em 152 cidades gaúchas, por meio de 212 agências físicas, tem 168 agências localizadas em áreas afetadas. Segundo estimativa do banco, 65 postos de atendimento foram paralisados devido à falta de movimentação financeira no período.

Para mais informações, a instituição recomenda que acessem o site do Banco Central - Cédulas Inadequadas - https://www.bcb.gov.br/cedulasemoedas/cedulasinadequadas

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.