Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Entenda por que Bolsonaro passar dois dias na Embaixada da Hungria levantou suspeita no STF

Ex-presidente tem 48 horas para explicar motivo da visita ao estabelecimento que representa território húngaro

Record News|

O fato de o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) ter passado dois dias na Embaixada da Hungria, quatro dias após ter tido seu passaporte apreendido pela Polícia Federal, é um indicativo de possível pedido de asilo a um governo considerado aliadodo ex-presidente.

"Se a embaixada recolhe alguém em seu interior, o país [Brasil] não pode colocar sua polícia lá dentro", ilustra o professor de direito constitucional da Universidade Federal Fluminense, Gustavo Sampaio.

Ele explica a função de uma embaixada: "É uma ficção jurídica, é como se o território do Estado estrangeiro estivesse dentro do território onde ela está".

O que, portanto, permite ao país estrangeiro exercer todas as suas prerrogativas dentro das instalações da embaixada.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.