Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Com acidentes de ônibus frequentes, SPTrans determina novo treinamento para motoristas

Curso obrigatório tem foco na direção segura e prevenção de ocorrências. Cerca de 30 mil condutores devem participar

São Paulo|André Carvalho, da Agência Record

Atropelamentos por ônibus tiveram alta em 2023
Atropelamentos por ônibus tiveram alta em 2023 Atropelamentos por ônibus tiveram alta em 2023

Devido aos acidentes frequentes envolvendo ônibus na cidade de São Paulo, a SPTrans determinou, na última segunda-feira (3), um novo treinamento para motoristas que operam o transporte coletivo na capital.

Segundo as novas regras, as concessionárias devem realizar a reciclagem de cerca de 30 mil motoristas de ônibus. A medida passa a valer a partir de 17 de abril, todos deverão ser treinados de acordo com o conceito elaborado pela SPTrans e foco na direção segura e prevenção de acidente. As empresas responsáveis receberam carta com as diretrizes.

Com isso, todos os motoristas do sistema deverão ser treinados de acordo com o novo Programa de Reciclagem - Prevenção de Sinistros preparado pela SPTrans e com carga horária de 24 horas dividida em três módulos.

Os módulos

O primeiro módulo terá duas horas de treinamento teórico com conteúdo como valorização da vida e o papel do motorista de ônibus na sociedade e seis horas de treinamento prático de prevenção de sinistros, direção segura e respeito às leis de trânsito. As turmas devem receber este treinamento do módulo 1 entre 17 de abril e 30 de junho.

Continua após a publicidade

Leia também

A fase seguinte, com oito horas de conteúdo, irá apresentar casos reais e ações tomadas com o intuito de prevenir novas ocorrências, além da relação específica com idosos, ciclistas, pessoas com deficiência e pedestres. Este módulo deve ser ministrado entre julho e setembro.

As últimas oito horas do treinamento contemplam o conteúdo do contrato de concessão, no seu anexo específico sobre procedimentos de qualificação dos motoristas e como eles devem atuar na prevenção de acidentes, no respeito a passageiros, nos níveis de qualidade e segurança exigidos pela SPTrans a todos os operadores do sistema. O prazo para conclusão é dia 31 de dezembro deste ano. Este é o único módulo em que será permitida a aplicação de conteúdo EaD (Ensino à distância).

Continua após a publicidade

Trabalho e estudo

Para garantir a qualidade e fluidez do curso, as turmas presenciais devem contar com, no máximo, 30 motoristas por turno. A SPTrans irá auditar os treinamentos.

O conteúdo do treinamento foi elaborado por equipe técnica especializada no assunto do corpo técnico da companhia que administra o transporte público por ônibus na cidade de São Paulo.

Continua após a publicidade

Vale ressaltar que o novo treinamento é obrigatório e não exclui a necessidade de novos motoristas que eventualmente forem contratados neste período de receberem o curso obrigatório de ingresso, que também aborda a prevenção de sinistros, direção defensiva, leis de trânsito e qualidade no sistema.

Outras medidas de segurança:

Também por meio de carta enviada nesta segunda-feira, a SPTrans reforçou a necessidade de as concessionárias enviarem documentos relacionados aos acidentes que ocorreram, como boletim de ocorrências da polícia civil ou militar, relatório do caso produzido pela equipe operacional da concessionária e/ou outras evidências em imagens quando disponíveis.

Este material é utilizado pela equipe do PRAT (Programa de Redução de Acidentes de Transporte) da SPTrans na análise das ocorrências e determinação das medidas necessárias.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.