Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Governo de SP pretende investir R$ 180 bilhões em programas de parceria com iniciativa privada

Objetivo, segundo Tarcísio de Freitas, é ampliar as oportunidades de emprego e as áreas de tecnologia, meio ambiente e indústria, entre outras

São Paulo|Isabelle Amaral, do R7

Tarcísio de Freitas apresentou balanço dos 100 dias de governo nesta segunda-feira (10)
Tarcísio de Freitas apresentou balanço dos 100 dias de governo nesta segunda-feira (10) Tarcísio de Freitas apresentou balanço dos 100 dias de governo nesta segunda-feira (10)

O governo de São Paulo quer investir nos próximos meses cerca de R$ 180 bilhões em programas com parcerias privadas. De acordo com o governador Tarcísio de Freitas (Republicanos), esse investimento deve estabelecer a relação entre o estado e as empresas parceiras.

O anúncio foi feito durante a apresentação do balanço de 100 dias de governo, realizado na manhã desta segunda-feira (10). Tarcísio afirma que a ação ampliará as oportunidades de investimento, emprego, desenvolvimento socioeconômico, tecnológico, ambiental e industrial do estado.

A publicação do edital do TIC (Transporte Intercidades) entre São Paulo e Campinas é o primeiro passo para a execução desse projeto.

O ex-ministro da Infraestrutura do governo do Bolsonaro sempre se mostrou a favor da privatização, desde o início da campanha de eleição. No campo das concessões, a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) é uma candidata a passar para as mãos da iniciativa privada.

Publicidade

Durante a apresentação do balanço, Freitas autorizou a Secretaria de Parcerias e Investimentos a investir em uma agência do Banco Mundial para a realização de pesquisas sobre os benefícios da privatização da Sabesp.

"Percebemos que a resistência à privatização é menor no estado. Acredito que a grande arma é o entendimento. Vamos conseguir cumprir as metas, levar água e saneamento para mais pessoas com custos mais baixos? Se a resposta for sim, damos sequência", disse.

Publicidade

Apesar disso, de acordo com uma pesquisa do Datafolha, 53% dos paulistas são contrários a privatização da companhia. Já quanto à realização da parceria com empresas privadas para trabalho público em geral, 42% dos entrevistados foram a favor.

Importância das parcerias

Para o governo, essas parcerias são importantes para a implementação de obras e serviços públicos necessários para melhorar a infraestrutura do estado. Por meio desses projetos, o governo estaria delegando a responsabilidade de gerir e executar serviços às empresas privadas.

As parcerias incluem estipulação de metas de desempenho e outros mecanismos de remuneração nos contratos administrativos.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.

</