Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Mulher é assassinada e marido fica ferido após briga por som alto em Taboão da Serra, na Grande SP

Casal pediu para frequentadores e motociclistas reunidos em oficina mecânica abaixarem o volume nesta segunda-feira

São Paulo|Laura Lourenço, da Agência Record

Glória Liscinio e José Conder
Glória Liscinio e José Conder Glória Liscinio e José Conder

Uma enfermeira foi assassinada e o marido ficou ferido após serem esfaqueados durante uma briga pelo som alto em Taboão da Serra, região metropolitana de São Paulo, na noite desta segunda-feira (6).

A confusão aconteceu entre o casal Glória Liscinio e José Conder e frequentadores de uma oficina de motos localizada no bairro Vila Santa Luzia. De acordo com a polícia, a mulher estava incomodada com o som alto dos veículos, e por isso foi até o estabelecimento pedir a redução do volume.

Como ninguém atendeu ao primeiro pedido de Glória, a enfermeira retornou a oficina com o marido e ainda levou o celular para fazer filmagens do comércio e enviar para as autoridades. O casal, chegou a discutir com um dos frequentadores, identificado como Geraldo Cordeiro, sem sucesso.

Leia também

Segundo a polícia, quando estavam voltando para a casa, Glória e José foram perseguidos por Geral, que desferiu diversos golpes de faca. Mesmo feridos, as vítimas correram em direção ao imóvel para tentar se proteger.

Publicidade

A mulher levou cerca de 15 facadas, não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Enquanto, o marido foi esfaqueado nas costas e levado ao Hospital Geral de Pirajussara, onde permanece internado.

Cerca de 12 horas depois do crime, o autor foi localizado na casa do irmão, na zona leste da capital, e preso em flagrante. O caso foi registrado como homicídio pelo 1º Distrito Policial de Taboão da Serra.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.