São Paulo Policial que matou genro de Abdelmassih em assalto achou que ele fosse o bandido

Policial que matou genro de Abdelmassih em assalto achou que ele fosse o bandido

Profissional estava de folga quando presenciou a ação dos criminosos e resolveu intervir; ele responderá em liberdade

  • São Paulo | Do R7

O policial militar que matou Denis Roberto Piccoli Ramos, de 53 anos, genro de Roger Abdelmassih, durante um assalto no Morumbi, zona sul de São Paulo, o confundiu com um dos criminosos, confirmou a Polícia Civil. A filha do ex-médico, que estava no local, não foi ferida.

O PM estava de folga quando presenciou a ação dos criminosos e resolveu intervir. Ele pagou R$ 2.000 de fiança e responderá em liberdade.

Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsApp
Compartilhe esta notícia no WhatsApp
Compartilhe esta notícia no Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

PM confundiu a vítima com um assaltante ao reagir

PM confundiu a vítima com um assaltante ao reagir

Reprodução/Redes Sociais

Um vídeo feito por uma câmera de segurança do condomínio onde Ramos entrava com a companheira mostra o momento em que o casal foi abordado pelos assaltantes.

Logo após a chegada do grupo, surge o policial militar, que reage ao crime.

O PM atira contra os suspeitos, que se escondem nos arbustos da entrada da garagem do prédio. Em seguida, Ramos se levanta e começa a bater com o capacete em um dos assaltantes. Nesse momento, cai após ser baleado e acena para o policial, tentando alertar que é uma das vítimas.

Ele foi socorrido e encaminhado ao Hospital Albert Einstein, mas não resistiu aos ferimentos.

Governo de SP distribui água durante onda de extremo calor na capital

Últimas