São Paulo Genro de Roger Abdelmassih foi morto por PM que reagiu a assalto, diz Polícia Civil

Genro de Roger Abdelmassih foi morto por PM que reagiu a assalto, diz Polícia Civil

Denis Roberto Piccoli Ramos estava com a companheira em uma moto quando foi abordado pelos suspeitos; dois deles morreram

  • São Paulo | Nayara Paiva, da Agência Record

A Polícia Civil de São Paulo confirmou, na noite desta segunda-feira (27), que o tiro que matou o genro de Roger Abdelmassih foi disparado pelo policial militar que reagiu ao assalto. O incidente aconteceu no Morumbi, área nobre da zona sul da capital.

Um vídeo feito por uma câmera de segurança do condomínio onde Denis Roberto Piccoli Ramos entrava com a companheira mostra o momento em que o casal foi abordado pelos assaltantes. Logo após a chegada do grupo, surge o policial militar, que reage ao crime.

O PM atira contra os suspeitos, que se escondem nos arbustos da entrada da garagem do prédio. Em seguida, Denis se levanta e começa a bater com o capacete em um dos assaltantes, momento em que cai após ser baleado e acena para o policial, tentando alertar que era uma das vítimas.

Genro de Abdelmassih foi atacado em casa

Genro de Abdelmassih foi atacado em casa

Reprodução/Redes Sociais

Denis foi socorrido e encaminhado ao Hospital Albert Einstein, mas não resistiu aos ferimentos.

Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsApp
Compartilhe esta notícia no WhatsApp
Compartilhe esta notícia no Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

Os três suspeitos também foram atingidos. Um morreu no local e os outros dois foram encaminhados ao pronto-socorro do Hospital do Campo Limpo, mas um deles não resistiu aos ferimentos. O outro permanece internado.

O policial deve responder por homicídio culposo — quando não há intenção de matar. A DHPP (Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa) investiga o caso.

Últimas